Fim de semana decisivo

Neste fim de semana muitos jogos decidiram as finais para o feminino e masculino. Para começar na sexta as meninas do Brasil se classificaram com uma vitoria fácil para as donas da casa. E na noite as argentinas passaram pelas dominicanas e garantiram as finais com cara de classico Brasil x Argentina.

No masculino não foi diferente os meninos passaram sem dificuldades pelos dominicanos. E apesar de uma vitoria apertado os argentinos também se classificaram. Mesmo com jogos em que sem muito esforço os times brasileiros do feminino e masculino tiveram vitórias importantes rumo ao ouro e as olímpiadas de Londres o desafio final ainda esta por vir.

As meninas decidem hoje às 23hrs. E no masculino amanhã em mesmo horário será a decisão.

Anúncios

Péssimas visitantes

As brasileiras do handebol provaram hoje que são péssimas visitantes, mas foi por uma boa causa. Em quadra contra as mexicanas o Brasil não deu espaço e manteve a série de ótimos resultados que vem trilhando. A apatia de jogos como o da Republica Dominicana pela segurança em campo não foi vista neste jogo.

Destaques positivos do jogo a goleira Babi conseguia segurar as raras bolas mexicanas que furavam o bloqueio forte e em rápidos arremessos e entradas ágeis o Brasil não teve grandes preocupações com o jogo.

O que esperar agora? O jogo de nossas “hermanas”, favoritas, no confronto com as dominicanas, mas isso só saberemos depois do jogo que acontece às 23hrs. Agora é torcer pelo ouro.

Que começe as eliminações

Começa hoje uma nova fase para os nossos meninos. A seleção masculina joga hoje às 16 horas contra o Chile. Argentina e República Dominicana se enfrentam às 21h. Canadá e Venezuela jogam às 18h. México e EUA enceram o dia na partida das 23h. Agora é mata-a-mata. Quem ganhar fica quem perder da tchauzinho a Guadalajara.

Boa Sorte GAROTOS!!!!!!

INVICTAS!!!!


As meninas da seleção brasileira confirmou o favoritismo e passou para a fase das eliminações invictas. Na tarde de ontem o Brasil venceu o República Dominicana por 32 a 18. As brasileiras fecharam o grupo em primeiro lugar e voltam a quadra nesta sexta-feira às 15h30min em jogo contra o México, segundo colocado da chave A. O outro jogo das semi-finais é Argentina x Republica Dominicana.

Ontem também aconteceu três jogos que ficaram com os placares:

EUA 24 x 36 uruguai

Porto Rico 28 x 29 Chile

Argentina 24 x 14 México

Um susto e uma classificação

A novata seleção venezuelana existe a seis anos e na noite de ontem de um susto no Brasil abrindo o placar e se mantendo na frente por alguns minutos. A seleção brasileira virou o jogo e terminou campeã da partida com o placar de 37 a 15. A soberania e a experiência falaram mais alto e os nossos garotos arrasaram mais uma vez e já estão classificados para as semifinais. Contudo desta fase ainda falta um jogo e será contra os chilenos e a atenção deve ser redobrada, pois o Chile tem a mesma pontuação brasileira perdendo apenas no saldo de gols. Se os nossos garotos não abrirem os olhos o jogo contra os chilenos pode ser bem complicado.

Amanhã acontece os últimos jogos desta fase o Brasil entra em quadra às 16 horas. Canadá e Venezuela se encontram às 18horas. Amanhã mesmo já conhecemos quem serão os finalistas.

Confira as tabelas de classificação

 

 

 

 

 

 

 

Brasil feminino nas semifinais

Em um jogo com adversário novamente frágil o Brasil não teve grandes dificuldades para bater as uruguaias por 43×15. Demonstrando um time coeso de bloqueio forte, passes sincronizados, finalizações milimetricas as meninas brasileiras avançaram para as semifinais.

O que gerou uma certa preocupação foium breve momento em que as uruguais ameaçaram uma reação. Mesmo com mais de 10 gols de diferença a indisplicencia em converter algumas jogadas podem paracer pouco contra um adversário disperso, como o Uruguai, mas deve ser revisto para as futuras partidas.

Mesmo com dois resultados ótimos, expresivos, a humildade deve continuar para que a concentração e técnica se mantenham e possam gerar ainda mais golaços como os de Fernanda, com mais de 15 gols, sem esquecer da belas e decisivas defesas de Babi.