Brasil saiu perdendo, mas virou o jogo e venceu o Egito

Brasil e Egito botaram fogo no Ginásio de São Bernardo do Campo/Foto:CBHb

Brasil e Egito botaram fogo no Ginásio de São Bernardo do Campo/Foto: Wander Roberto_Photo&Grafia_CBHb

Que sexta-feira, 31 de outubro, eletrizante! Muitos dirão que as bruxas estavam soltas, se estavam os guerreiros brasileiros as afastaram. Quem imaginaria que o Egito daria tanto trabalho? Sabíamos que o time era bom, mas eles superam muitas expectativas. Uma pena o ginásio ter tido um público baixo. Estas pessoas que não compareceram perderam um grande espetáculo. O Brasil saiu perdendo, mas virou o jogo e venceu o Egito.

O primeiro grande lance da partida foi da Seleção Brasileira, mas a bola foi caprichosamente para fora. Depois disso, a seleção egípcia conta-atacou e sofreu falta. Falta esta que originou um sete metros muito bem cobrado e que gerou o primeiro gol do duelo. Depois deste ponto o Egito passou a dominar a partida e enquanto isso, o Brasil tentava se recuperar.

A defesa egípcia era rápida, já a brasileira era mais lenta e tinha buracos. Isso facilitava gols de contra-ataque. Nos minutos iniciais o atleta do Egito, Mustafá sofreu uma falta leve, porém ao cair de mau jeito sentiu fortes dores na costela e foi encaminhado ao hospital. No final o placar marcava: Brasil 10 x 12 Egito.

Na volta do intervalo, o Brasil corrigiu os erros. Mas ainda corria atrás do tempo perdido. Cometia pequenas falhas e de novo na defesa. O ataque, ao contrário, era rápido e tentava o máximo arremessar as bolas e transformá-las em gol. A diferença chegou a cinco gols a favor da seleção africana. As faltas de ambas equipes foram fortes. Duas expulsões, uma para cada lado. A perda do jogador mexeu com o Egito que começou a ter erros, principalmente no ataque. Já o Brasil teve o time mexido por Jordi, que reforçou a defesa. Ela perdeu em agilidade, contudo ganhou em força. A partir dos 20 minutos do segundo tempo tudo mudou. O Brasil diminuiu a diferença para apenas um gol. Bombom defendeu diversos gols. A efetividade da seleção sul-americana levou o placar ao empate: 18 a 18. Depois deste momento só deu Brasil. Não demorou muito para os brasileiros virarem a partida e abrirem vantagem. Mas os egípcios queriam a vitória e encostaram no placar. Porém, lá foram os brasileiros e abriram novamente a diferença. No último segundo Thiagus Petrus lançou a bola e fez o gol. No apito final: Brasil 23 x 20 Egito.

Amanhã, 1 de novembro, o Torneio Quatro Nações se encerra. A Seleção com o maior número de vitórias será a campeã. Argélia e Egito se enfrentam, às 17h. O clássico Brasil e Argentina fecha o Torneio, a partir das 19h.

Argentina supera a Argélia

Argentina e Argélia/Foto: CBHb

Argentina e Argélia/Foto: CBHb

Bem mais fácil foi a vida dos Argentinos. Hoje a seleção argentina enfrentou a seleção argelina e venceu com tranquilidade. Dominando desde o primeiro minuto, a equipe sul-americana não deu chance para os africanos e goleou pelo placar de 27 a 15.

Até o momento a única equipe com 100% de aproveitamento é a Seleção Brasileira. O Egito venceu ontem, a Argentina venceu hoje, e a Argélia ainda não venceu.

Leia como foi a partida de ontem entre Brasil x Argélia. E não esqueça, acompanhe Brasil e Argentina pelo Twitter, através da hashtag #Torneio4Nações.

Brasil entre os quatro primeiros do Sul-Americano Cadete

Colômbia e Brasil/  Foto: Mauricio Lopez

Colômbia e Brasil/ Foto: Mauricio Lopez

O campeonato Sul-Americano Cadete Feminino e Masculino segue até amanhã. O Brasil segue firme e está entre os melhores da competição. Os meninos estão em primeiro da chave A. Já as garotas estão em quarto. No feminino a competição conta com apenas um grupo.

Ontem, 30 de outubro, pelo feminino, o Brasil venceu o Chile por 27 a 25. O Paraguai superou o Uruguai pelo placar de 32 a 20. A Argentina goleou a Colômbia: 30 a 3.

No masculino, a Argentina bateu o Chile, por 23 a 18. O Brasil encarou o Uruguai e saiu com a vitória: 24 a 10. O Peru perdeu para a Colômbia, pelo placar de 21 a 28.

Os resultados de hoje ainda não foram divulgados pela Federação Colombiana de Handebol.

Amanhã acontece as finais do masculino. Também saberemos qual será o time campeão feminino. A competição das garotas é por pontos corridos,

Como estão as obras da Arena Futuro para as Olimpíadas #Rio2016?

A Arena já está com as fundações prontas./ Foto: EOM - Renato Sette Camara

A Arena já está com as fundações prontas./ Foto: EOM – Renato Sette Camara

Uma das perguntas que surgem é: como estão as obras para os Jogos Olímpicos #Rio2016? Pois bem, lá vão algumas notícias. A Arena do Futuro, estrutura que receberá as competições de goalball e handebol, está com obras das fundações na fase final. A montagem da estrutura metálica da arena está em andamento, com a instalação dos pilares e vigas. Também chamada de Arena Handebol, o espaço já começa a tomar forma.

Depois das Olimpíadas e das Paraolimpíadas, a Arena Futuro irá ser desmanchada e virará escolas municipais.

A Arena quando ficar pronta será assim/ Imagem: divulgação

A Arena quando ficar pronta será assim/ Imagem: divulgação

Além disso, outras obras ainda estão sendo realizadas para os Jogos. As três Arenas Cariocas são as instalações que apresentam maior avanço nas obras, com as áreas de competição concretadas e as primeiras estruturas de arquibancadas instaladas. Durante os Jogos, os três pavilhões serão palco das competições de basquetebol, judô, esgrima e taekwondo, e mais quatro paralímpicos: basquetebol em cadeira de rodas, rugby em cadeira de rodas, bocha e judô. O Parque Olímpico da Barra já teve as primeiras arquibancadas instaladas.

As três Arenas Cariocas/ Foto: EOM - Renato Sette Camara

As três Arenas Cariocas/ Foto: EOM – Renato Sette Camara

No Parque Olímpico foram instalados mais de 10,5 quilômetros de redes de drenagem, 5,3 quilômetros em redes de esgoto, 8,3 quilômetros de redes de água, 5,0 quilômetros de redes de incêndio, 5,0 quilômetros de rede de iluminação pública, 9,9 quilômetros de rede de média tensão e 21,9 quilômetros de redes de telecomunicações. Estão em andamento ainda as obras dos estacionamentos, da Via Olímpica, dos terraços e a recuperação das margens da Lagoa de Jacarepaguá.

Ainda tem muito trabalho a ser feito, mas de acordo com informações do COI a tendência é que tudo fique pronto até abril de 2016.

Liga Nacional e Sul-Americano Cadete: meninos e meninas em quadra nesta quinta-feira

Concórdia e Cascavel se enfrentaram na noite de quinta/ Foto: Concórdia

Concórdia e Cascavel se enfrentaram na noite de quinta/ Foto: Concórdia

A noite não foi só de Torneio das Quatro Nações, mas também de Liga Nacional. Balneário Camboriú venceu por apenas três gols de diferença e avançou para a próxima fase da Liga Masculina. Houve também dois jogos da Liga Feminina. Na quinta-feira também houve jogos pelo Sul-Americano cadete. Confira!

Liga Nacional Masculina e Feminina agitaram a noite de quinta-feira

Pela Liga Nacional Masculina, Balneário Camboriú (SC) enfrentou o Logística (MG) e venceu por 25 a 22. Com a vitória, o time catarinense vai para as oitavas de finais, assim como São José, Maringá e Metodista/São Bernardo, classificados pelo grupo A. No outro duelo, entraram em quadra Maringá (PR) e Associação Santamariense (RS). A equipe paranaense levou a melhor e venceu pelo placar de 45 a 15.

Na Liga Nacional Feminina, as meninas do Cascavel (PR) receberam o Concórdia (SC). Perdeu por 16 a 31. A partida que encerrou a rodada foi entre as garotas do Santa/Feevale (RS) e Vila Olímpica Manoel Tubino/FAB (RJ). A partida foi intensa, e a vitória foi do grupo carioca, placar final de Santa/Feevale 21 a 31 FAB.

Atualização do Sul-Americano Cadete Feminino e Masculino

Desde terça-feira, 28 de outubro, acontece na Colômbia o campeonato Sul-Americano Cadete nos naipes masculino e feminino. O Brasil participa da competição com suas duas seleções. Os resultados do jogo desta quinta-feira não foram liberados, mas atualizamos os resultados dos jogos de terça e de quarta-feira. O Sul-Americano cadete acontece até sábado.

Sul-Americano Cadete Feminino

Terça-feira, 28 de outubro:

Uruguai 26 x 16 Chile
Argentina 22 x 14 Brasil
Paraguai 44 x 9 Colômbia

Quarta-feira, 29 de outubro:

Chile 19 x 29 Argentina
Paraguai 16 x 19 Brasil
Colômbia 9 x 32 Uruguai

Sul-Americano Cadete Masculino

Terça-feira, 28 de outubro:

Uruguai 17 x 18 Peru
Chile 45 x 16 Porto Rico
Brasil 30 x 15 Colômbia

Quarta-feira, 29 de outubro:

Peru 13 x 40 Brasil
Porto Rico 9 x 43 Argentina
Colômbia 26 x 20 Uruguai

Em noite de fortes emoções, Brasil vence a Argélia no Torneio das Quatro Nações

Fábio Chiuffa foi destaque do jogo/ Foto: CBHb

Fábio Chiuffa foi destaque do jogo/ Foto: CBHb

Em noite de fortes emoções e em uma partida complicada, o Brasil foi superior e venceu a Argélia, por um placar apertadinho. Não foi fácil para os nossos atletas superar a equipe africana, mas no final tudo deu certo, e um dos destaques foi Chiuffa que no segundo tempo arrasou. Amanhã, 31 de outubro, a Seleção Brasileira enfrenta a seleção egípcia, às 21h.

No primeiro tempo, o Brasil mostrou que estava tenso. Mesmo com as paradas técnicas e com as indicações do técnico Jordi Ribera, os atletas não conseguiam finalizar bem as jogadas e muito arremessos eram desperdiçados. Os argelinos perceberam as falhas do time brasileiro, principalmente na metade final, e atacaram. Aproveitavam os buracos na defesa e marcaram gols com facilidade. No final do primeiro tempo, seleção argelina na frente por apenas um gol. Placar: BRA 14 x 15 ARGL.

O ginásio cheio e a cada jogada era uma agitação singular. Um detalhe dentro de quadra, porém, que as câmeras de tv pegaram foi a cena do cabelo do Fábio Chiuffa batendo no rosto do treinador da Argélia. A cena cômica foi nos minutos finais da primeira etapa, e acreditem ou não, foi a partir daí que o jogador brasileiro bombou na partida.

Na volta do intervalo, o Brasil estava mais atento. Nos primeiros 15 minutos só deu a Seleção Brasileira dentro de quadra. Mesmo assim, a Argélia não demonstrou medo e também atacou, com menos intensidade. Contudo, o Brasil sofreu uma espécie de apagão e deixou os argelinos chegarem com mais força ao gol. A diferença que antes era de quatro gols a favor ao Brasil, chegou a ser de um gol para a Argélia. Mas até os 25 minutos do segundo tempo, o empate era o que dominava o placar. Assim que o Brasil marcava, de contra ataque a Argélia também fazia o seu gol. As equipes não pareciam nada cansadas, pelo contrário, os atletas demostravam muita energia. A Seleção Brasileira soube melhor aproveitar essa agitação e marcou, através das mão de Felipe Borges, no último minuto o gol da vitória. Placar final: BRA 29 x 27 ARGL.

Amanhã tem Brasil e Egito. Acompanhe no Twitter pela hashtag #Torneio4Nações.

No primeiro jogo: Argentina e Egito

Um jogo cheio de surpresas/ Foto: CBHB

Um jogo cheio de surpresas/ Foto: CBHB

Hoje aconteceu outra partidona no Torneio das Quatro Nações. Os nossos hermanos encararam os egípcios. O duelo foi de tirar o fôlego. Para resumir a opera, ou melhor, o jogo. Até metade do segundo tempo a Argentina estava perdendo por seis gols de diferença, mas houve uma reação espetacular dos argentinos, que só não ganharam da seleção africana porque o tempo acabou. Placar final: ARG 21 x 24 EGI.