Concórdia, Metodista/São Bernardo e Apahand/UCS com vitórias na Liga Feminina

Metodista e FAB/ Foto: CBHb

Metodista/ São Bernardo e Vila Olímpica/FAB em partida quente nesta noite/ Foto: CBHb

A noite desta quinta-feira, 27 de novembro, três partidas movimentaram a Liga Nacional Feminina. Concórdia (SC), Metodista/São Bernardo (SP) e Apahand/UCS (RS) saíram com a vitória.

Apahand/UCS (RS) recebeu o Força Atlética (GO) e a partida foi intensa. Durante todo o primeiro tempo o placar, aberto pelas gaúchas, quase ficou empatado, tanto que foi para o intervalo marcando 10 a 9, para a UCS. As defesas bem armadas não deixavam que os ataques fossem bem executados, o que ocasionava poucos gols. Os ataques foram mais efetivos na metade da segunda etapa e foi neste momento que a equipe dona da casa conseguiu abrir uma pequena vantagem. Placar final: Apahand/UCS 23 x 20 Força Atlética. Jogo pelo grupo A.

Este jogo foi tão intenso que até na artilharia teve disputa. Cinco atletas marcaram quatro gols e foram destaque: Larissa Araújo, Lígia Costa e Samara Vieira, da UCS (RS), Joice Rodrigues e Thaís Silva, da Força Atlética (GO).

Concórdia (SC) e Cascavel (PR) também tiveram um duelo digno para torcedores de corações fortes. Na primeira etapa a diferença em quadra era grande e a favor das catarinenses que conseguiram abrir vantagem de seis gols, tendo placar de 16 a 10. NO segundo tempo, porém, a equipe paranaense mais tranquila, atacou mais forte e diminuiu a diferença, para apenas três gols. Placar final: Concórdia 28 x 25 Cascavel.

A goleadora da partida, válida pela chave B, foi Isabela Ansolin, do Concórdia, com seis gols.

Pela chave A, o Metodista/São Bernardo (SP) encarou a Vila Olímpica Manoel Tubino/FAB (RJ). O Jogo não foi fácil, mas o time paulista teve mais ataques bem concluídos o que originou uma diferença no final do primeiro tempo de cinco gols, 15 a 10. Na volta do intervalo as jogadoras estavam visivelmente mais concentradas, porém não menos ansiosas. As cariocas atacaram, contudo, não tinham uma defesa efetiva que conseguisse bloquear as paulistas, tanto que os gols vieram para ambos os lados, mas a vantagem de sete gols era do Metodista. Placar final: Metodista/São Bernardo 28 x 21 Vila Olímpica/FAB.

Com sete gols marcados, Lívia Horácio, do Metodista/São Bernardo, foi a artilheira da partida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s