Seleção Brasileira Masculina reunida em São Paulo antes do Pan-Americano

jordi-ribera

Os jogadores viajam para Buenos Aires no dia 10 de junho

A partir desta quarta-feira, 1º de junho, a Seleção Brasileira Masculina estará em Arujá (SP) para a última fase de treinos antes do Pan-Americano de Handebol. Foram convocados 20 jogadores, no entanto, apenas 18 representará o País na competição continental.

Dos jogadores convocados, 15 jogam na Europa, logo, alguns só encontrarão o grupo nos próximos dias, como é o caso do goleiro César de Almeida, o Bombom, que fará parte da Seleção a partir do dia 5. “A expectativa está grande e a motivação ainda maior, pois o Pan e os Jogos Olímpicos estão aí. Agora é seguir treinando muito e com a cabeça 100% nessa reta final de preparação”, explicou Bombom, que defende o Fraikin BM Granollers (ESP). No dia 10 a Seleção embarca rumo a Argentina.

O Pan-Americano de Handebol começará em 11 de junho, em Buenos Aires (ARG), e contará com a participação de 12 seleções divididas em grupos. Na primeira fase, a Seleção Brasileira jogará no Grupo B, ao lado de Uruguai, Estados Unidos, Paraguai, Porto Rico e Colômbia. Na chave A estarão Argentina, Chile, Groenlândia, Guatemala, Canadá e México.

Veja abaixo a escalação da Seleção Brasileira:

Goleiros: César Almeida ‘Bombom’ (Fraikin BM. Granollers), Maik Santos (Taubaté) e Rangel Rosa (BM Villa de Aranda).

Armadores: Fernando José Pacheco Filho ‘Zeba’ (Fraikin BM Granollers), Haniel Langaro (Naturhouse La Rioja), José Guilherme de Toledo (Orlen Wisla Plock), Leonardo Felipe Sampaio Santos (CB Ademar Leon), Oswaldo Maestro Guimarães (BM Villa de Aranda), Thiago Alves Ponciano (BM Ciudad Encantada) e Thiagus Petrus dos Santos (Mol-Pick Szeged).

Centrais: Diogo Kent Hubner (São Caetano), Henrique Selicani Teixeira (Fraikin BM. Granollers) e João Pedro Francisco da Silva (Chambéry Savoie Handball).

Pontas: André Martins Soares (Taubaté), Fábio Rocha Chiuffa (Assoc. Dep. Ciudad de Guadalajara), Felipe Borges (Montpellier Agglomeration Handball) e Lucas Cândido (Taubaté).

Pivôs: Ales Abrão Silva (Assoc. Dep. Ciudad de Guadalajara), Alexandro Pozzer (Fertiberia Puerto Sagunto) e Vinícius Santos Teixeira (Taubaté).

*Em parceria Lance!

Anúncios

Português/AESO é campeão da Copa do Brasil

portugues-campeao-copa-do-brasil

O campeão da Copa do Brasil Feminina foi conhecido no último domingo, 29 de maio. O Português/AESO conquistou o título ao superar o Montes Claros, pelo placar de 26 a 10, somando 10 pontos.

O segundo lugar ficou com a Atlética Adalberto Valle, que venceu a Atlética Nilton Lins, por 29 a 26, e ficou com oito pontos. O terceiro lugar ficou com o Montes Claros, que durante a competição somou seis pontos, e o quarto com a Atlética Niltons Lins, com quatro.

O Objetivo/UFRR que venceu o Sul América, por 22 a 18, somou dois pontos e ficou com a quinta colocação. O Sul América ficou na sexta posição.

Terça-feira começa o Campeonato Brasileiro Adulto Masculino

brasileiro-masculino

O atual campeão da Campeonato Brasileiro Adulto masculino ACHb/FMEC/Caçador entra em quadra na terça-feira (31) para garantir o bicampeonato. As equipes estão divididas em duas chaves, Português/AESO, SME/Ribeirão Preto/Barão de Mauá/Líder, HCM/FAM/B2 e Hollanda/GHC/Codó disputam pelo grupo A, enquanto ACHb/FMEC/Caçador, BPE/Brasil Pró Esporte, Aceu/Univali/FMEBC e ADJF/Independência Trade/Sport/Uninassau estarão no grupo B.

SME/Ribeirão Preto/Barão de Mauá/Líder inicia a disputa contra o HCM/FAM/B2, às 15h, na sequência o ACHb/FMEC/Caçador encara o ADJF/Independência Trade/Sport/Uninassau, às 16h30.Assim o BPE/Brasil Pró Esporte pega o Aceu/Univali/FMEBC (SC) às 18h e fechando a rodada o Português/AESO enfrenta o Hollanda/GHC/Codó, às 20h.

Programação

Terça-feira (31)
15h – SME/Ribeirão Preto/Barão de Mauá/Líder (SP) x HCM/FAM/B2 (AM)
16h30 – ACHb/FMEC/Caçador (SC) x ADJF/Independência Trade/Sport/Uninassau (MG)
18h – BPE/Brasil Pró Esporte (PE) x Aceu/Univali/FMEBC (SC)
19h30 – Solenidade de abertura
20h – Português/AESO (PE) x Hollanda/GHC/Codó (PI)

Quarta-feira (1º)
15h – SME/Ribeirão Preto/Barão de Mauá/Líder (SP) x Hollanda/GHC/Codó (PI)
16h30 – ACHb/FMEC/Caçador (SC) x Aceu/Univali/FMEBC (SC)
18h – BPE/Brasil Pró Esporte (PE) x ADJF/Independência Trade/Sport/Uninassau (MG)
19h30 – Português/AESO (PE) x HCM/FAM/B2 (AM)

Quinta-feira (2)
15h – HCM/FAM/B2 (AM) x Hollanda/GHC/Codó (PI)
16h30 – Aceu/Univali/FMEBC (SC) x ADJF/Independência Trade/Sport/Uninassau (MG)
18h – BPE/Brasil Pró Esporte (PE) x ACHb/FMEC/Caçador (SC)
19h30 – Português/AESO (PE) x SME/Ribeirão Preto/Barão de Mauá/Líder (SP)

Sexta-feira (3)
15h – 3º colocado da chave B x 4º colocado da chave A
16h30 – 3º colocado da chave A x 4º colocado da chave B
18h – 1º colocado da chave B x 2º colocado da chave A
19h30 – 1º colocado da chave A x 2º colocado da chave B

Sábado (4)
15h – Decisão do sétimo lugar
16h30 – Decisão do quinto lugar
18h – Decisão do terceiro lugar
19h30 – Final

Serviço
Local: Centro de Esporte e Lazer e Cultura Alberto Santos Dumont
Endereço: Rua Almirante Nelson Fernandes, s/nº – Bairro Boa Viagem – Recife (PE)
Data: 31 de maio até 4 de junho

*Em parceria com Lance!

Brasil vence amistoso

selecao-feminina-amistoso

A seleção brasileira feminina passou pela Dinamarca com placar de 23×17 nesta segunda (30). Depois do tropeço no domingo (29) a equipe do técnico Morten Soubak estabeleceu bom ritmo de jogo mantendo assim a vantagem mesmo no primeiro tempo quando venceu por 13×7, na segunda etapa aumentou a ofensiva e se manteve com a vitória sobre as dinamarquesas.

O destaque da partida ficou pela atuação de Mayssa Pessoa que auxiliou a equipe a fechar a defesa. No mês de junho a seleção embarca para a Áustria para mais uma etapa de treinamento e na sequência entra em quadra contra a Eslováquia nos dias 7 e 8 do próximo mês.

Seleção Feminina

Goleiras – Bárbara Arenhart (Nykobing F. Handboldklub- Noruega), Jéssica Oliveira (São Caetano-SP) e Mayssa Pessoa (CSM Bucaresti-Romênia).

Armadoras – Deonise Fachinello (CSM Bucaresti-Romênia), Eduarda Amorim “Duda” (Gyor Audi ETO KC-Hungria), Jaqueline Anastácio (SG BBM Bietigheim-Alemanha) e Juliana Malta (MKS Zaglebier Lubin-Polônia).

Centrais – Ana Paula Rodrigues (CSM Bucaresti-Romênia), Deborah Hannah (Pinheiros-SP), Francielle Gomes da Rocha “Fran” (Hypo Nö-Áustria) e Mayara Moura (Pinheiros-SP).

Pontas – Alexandra Nascimento “Alê” (Baia Mare-Romênia), Célia Costa Coppi (Metodista/São Bernardo-SP), Fernanda França (CSM Bucaresti-Romênia), Jéssica Quintino (MKS Selgros Lublin-Polônia), Larissa Araújo (AAU – Handebol Concórdia-SC) e Samira Rocha (OGC Nice-França).

Pivôs – Daniela Piedade “Dani” (Siofok KC-Hungria), Fabiana Diniz “Dara” (SG BBM Bietigheim-Alemanha) e Tamires Morena (Gyor Audi ETO KC-Hungria).

Comissão técnica

Técnico: Morten Soubak
Assistente técnico: Alex Aprile
Fisioterapeuta: Marina Calister
Massoterapeuta: Cidinha Rocha
Nutricionista: Julia Bargieri
Psicóloga: Alessandra Dutra
Supervisora: Rita Orsi

*Em parceria com Lance!

Dinamarca supera o Brasil

jogo-treino

No jogo treino realizado no domingo (29) a seleção europeia saiu com a vitória

Na primeira partida entre Dinamarca e Brasil o jogo treino teve domínio europeu com vitória por 26×24. No primeiro tempo a equipe brasileira tentou fechar os espaços e evitar o avanço dinamarquês em quadra, mas sem sucesso e já no primeiro tempo a equipe saia com a vitória por 13×9. Na sequência as brasileiras conseguiram avançar no placar mesmo com a melhora a equipe não conseguiu segurar o forte ataque dinamarquês e acabou derrotada.

Na segunda-feira a seleção brasileira volta a quadra em Odese para encarar novamente as donas da casa ás 11h (horário de Brasília). No dia 1º de junho a seleção embarca para a Áustria e depois, a Seleção irá para a Eslováquia onde encara as donas da casa em dois duelos, o primeiro no dia 7 de junho e outro no dia 8 do mesmo mês.

Seleção Feminina

Goleiras – Bárbara Arenhart (Nykobing F. Handboldklub- Noruega), Jéssica Silva de Oliveira (São Caetano-SP) e Mayssa Pessoa (CSM Bucaresti-Romênia).

Armadoras – Deonise Fachinello (CSM Bucaresti-Romênia), Eduarda Amorim (Gyor Audi ETO KC-Hungria), Jaqueline Anastácio (SG BBM Bietigheim-Alemanha) e Juliana Malta Varela de Araújo (MKS Zaglebier Lubin-Polônia).

Centrais – Ana Paula Rodrigues Belo (CSM Bucaresti-Romênia), Deborah Hannah Pontes Nunes (Pinheiros-SP), Francielle Gomes da Rocha (Hypo Nö-Áustria) e Mayara Fier de Moura (Pinheiros-SP).

Pontas – Alexandra Nascimento (Baia Mare-Romênia), Célia Costa Coppi (Metodista/São Bernardo-SP), Fernanda França (CSM Bucaresti-Romênia), Jéssica Quintino (MKS Selgros Lublin-Polônia), Larissa Fais Munhoz Araújo (AAU – Handebol Concórdia-SC) e Samira Rocha (OGC Nice-França).

Pivôs – Daniela Piedade (Siofok KC-Hungria), Fabiana Diniz (SG BBM Bietigheim-Alemanha) e Tamires Morena Lima de Araújo (Gyor Audi ETO KC-Hungria).

*Em parceria com Lance!

Na final brasileira do Pan de Clubes, Taubaté conquista o Tetra

pan-clubes-final-1

A final do Pan-Americano de Clubes, que aconteceu em Buenos Aires, foi decidida por brasileiros. Taubaté e Pinheiros venceram no sábado, 28 de maio, as equipes argentinas, e neste domingo, 29, brigaram pelo título e pela vaga no Super Globe. A partida, que foi cheia de emoção, corou o Taubaté como tetracampeão. Com a vitória a equipe paulista será o representante do Continente Americano no campeonato mundial.

A partida começou com o Taubaté atacando e marcando gol. O Pinheiros tentava se encontrar em quadra, os atletas pareciam ansiosos e em virtude disso erraram alguns passes. O Taubaté não estava tão tranquilo, mas tinham na defesa o seu segredo: dois goleiros que entraram, em momentos distintos, e focados não deixavam o Pinheiros marcar. O grupo taubateano abriu vantagem de quatro gols (0-4), porém, após tempo técnico o time da capital paulista reagiu e pressionou, diminuindo a diferença para apenas dois gols (4-6).

O Taubaté, no entanto, conseguiu superar a pressão e voltou a coordenar o ritmo do duelo. Fechando a defesa e reencontrando os gols, abriu novamente a vantagem, e foi para o intervalo com a vitória, por 14 a 8.

No segundo tempo, as equipes voltaram com ainda mais vontade de jogar. O Pinheiros voltou ágil, porém a ansiedade não deixava que os passes fossem bem trocados, e quando os arremessos saiam, o time não conseguia transformá-los em gol. Já o Taubaté voltou mais focado, e muito mais rápido, conseguindo com facilidade se recuperar e contra-atacar. Aos 8 minutos a vantagem se mantinha, principalmente após o Taubaté chegar ao vigésimo gol (12-20). A partida se manteve no mesmo ritmo durante toda etapa complementar, com as duas equipes atacando, mesmo assim, com a diferença entre os clubes se mantendo. No último apito vitória do Taubaté. Placar Final: Taubaté 28 x 23 Pinheiros.

O destaque da partida foi o goleiro e capitão do Taubaté, Maik Santos. Dutra Ferreira, do Pinheiros, foi o artilheiro da competição. O atleta brasileiro marcou 45 gols.

O Time do Pan-Americano de Clubes 2016
O Time do Pan-Americano de Clubes foi definindo neste domingo, logo após o jogo da final. A lista dos melhores jogadores inclui: Portela, do River Plate; Dutra, do Pinheiros; Souto Cueto, do Villa Ballester; Briffe, New York City; Lucas, do Taubaté; Vini, do Taubaté. Goleiro: Maik, do Taubaté.

O terceiro colocado

pan-clubes-final-2

A terceira colocação foi disputada entre os times argentinos entre River Plate e Villa Ballester. A partida foi bastante intensa, em alguns momentos, o placar ficou empatado. No entanto, o River conseguiu ir melhor e mais efetivo em quadra, abrindo vantagem e mantendo-a até o apito final. Vitória do River Plate, por 33 a 27.

Estreia com direito comemoração

pan-clubes-final-3

O handebol não é o esporte mais popular nos Estados Unidos, mas possui inúmeros fãs e os atletas lutam para poderem se manter. Neste Pan de Clubes, o time do New York City teve a honra de representar o país norte-americano, fato que não é comum. Essa também era a primeira vez que a equipe participava da competição.

Com uma atuação regular, a equipe disputou a quinta colocação com o Club Italiano, e venceu por 26 a 22. A quinta colocação foi muito comemorada pelos atletas, pela conquista inédita.

Kielce sai perdendo, empata no final e leva o título nos 7 metros

champions-final-1

Poucos acreditariam no enredo que a partida final da Champions League 2015/16 teve neste domingo. O começo da partida começou intensa com as duas equipes atacando, mas com efetividade do Veszprém que abriu o marcador e também uma pequena vantagem de três gols. O Kielce bem que tentou, chegou a encostar no placar, porém não conseguia acertar os passes e errava os arremessos.

Aos 20 minutos quatro gols separavam as duas equipes, a vantagem era do Vesprém, no entanto, uma conversa com o treinador fez com que o Kielce ficasse mais atento e tranquilo em quadra, e assim, o time conseguiu acertar os passes diminuindo a diferença para apenas dois (12-14). Porém, o Veszprém estava ditando ritmo de partida e não deixou que a pressão o atingisse. Levando a partida para o intervalo com a vitória, placar de 13 x 17.

champions-final-2

O tempo complementar nem bem havia começado quando o Veszprém marcou o gol que aumentava mais a vantagem, e o Kielce não ficou atrás e no rebote também marcou (14-19). O time húngaro envolveu tanto os poloneses que a partida durante os 15 minutos foi comandada por eles. Naquele momento sete gol separavam os dos grupos, sendo que o Kielce tentava apenas se defender (16-23).

O embate ficou tão pegado, que por quase cinco minutos não houve gols. Muitas faltas aconteceram, tanto que as duas equipes ficaram com apenas cinco jogadores em quadra (cada). Já haviam se passado 15 minutos de partida, houve um tempo técnico, e a ansiedade dos poloneses diminuiu. O cansaço, no entanto, se abateu nos húngaros, e o Kielce percebeu. Mais atentos em quadra, o time envolou o Veszprém de tal maneira que os húngaros não conseguiam reagir. A diferença que estava em oito gols (18-26) foi diminuindo aos poucos. O Kielce marcava, quanto o máximo que o Veszprém tentava se defender (26-28). Nos minutos finais o Veszprém reagiu e marcou, mas o Kielce marcou e empatou a partida. Placar Final: Kielce 29 x 29 Veszprém.

A prorrogação

Com a igualdade no placar, definido nos 10 últimos minutos, a partida foi para a prorrogação. Veszprém marcou, mas o Kielce também. Então, nos primeiros minutos da prorrogação tínhamos um empate (30 a 30). O cansaço estava visível, porém, nenhum dos jogadores pareciam estar incomodados com este fato. Nem o cansaço nem as dores musculares atrapalharam. O primeiro tempo se encerrou com o time húngaro a frente (32-33).

O segundo tempo começou com gol do grupo polonês e o empate retornou (33 a 33). Mantendo-se assim até o apito final. Placar de 35 a 35.

As penalidades de 7 metros

champions-final-3

Com o empate o jogo foi para as penalidades de 7 metros, para o desespero da torcida que estava presente e lotava as arquibancadas do Lessx Sport. A primeira penalidade foi marcada pelo Veszprém. O Kielce bateu logo depois e a bola foi defendida. O Veszprém desperdiçou o segundo gol, enquanto o Kielce aproveitou para marcar o seu primeiro. A sequência se manteve, sem mais erros o Kielce esperava o Veszprém bater. Bateu e a bola foi defendida. Era o tudo ou nada.

Faltava apenas um 7 metros, o último do Kielce. Então Julen Agigalde teve a responsabilidade de bater. Bateu e deu ao Kielce o primeiro título da Champions League.

O goleador da partida foi Reichmann, do Kielce, que balançou as redes 9 vezes.

O Terceiro Colocado

champions-final-4

Neste domingo também aconteceu a disputa da terceira colocação. O bronze ficou com o PSG que venceu o THW Kiel, por 29 a 27.

Duelos de Brasileiros e Argentinos no Pan-Americano de Clubes

pinheiros-e-villa

Nesta sexta-feira, 27 de maio, encerrou-se a primeira fase do Pan-Americano de Clubes. Com as vitórias do Taubaté e Pinheiros, teremos nas oitavas de final duelos de brasileiros e argentinos. Os jogos acontecerão neste sábado, 28.

O Taubaté (BRA) encarou o River Plate (ARG) e venceu por 33 a 25. O Pinheiros virou a partida a seu favor e bateu o Villa Ballester (ARG), pelo placar de 28 a 26.

Nas demais partidas, o Club Italiano venceu o New York City, por 27 a 25. Já o Salto de Guairá perdeu para o Colegio Alemán, por 21 a 23.

taubate-e-river

Neste sábado, o Taubaté enfrentará o Villa Ballester, às 18h. Já o Pinheiros irá encarar o Riber Plate, às 20h.

O embate entre Club Italiano e Salto Guairá abrirá a rodada, às 13h30. New York City e Colegio Alemán jogam às 15h30.

A decisão do título está marcada para acontecer neste domingo, 29, às 17h.