Györ é tricampeão da Champions League

A equipe comemora o título! / Foto: EHF

O Györ, da armadora Duda Amorim, é tricampeão da Champions League, no naipe feminino. A equipe conquistou o título no começo da tarde deste domingo, 7 de maio, em uma partida muito disputada com o Vadar. Vencer, por 31 a 30, não foi fácil, já que a partida foi para a prorrogação. A arena do Papp László Budapest Sportaréna estava lotada, com seus 12 mil lugares ocupados.

As equipes entraram em quadra com seus tradicionais uniformes. O Györi de verde com detalhes em branco, enquanto o Vadar estava de bordô e preto. Não demorou muito para as duas equipes mostrarem que não estavam ali para brincadeira. O Vadar abriu o marcador, mas não demorou para o o Györ empatar, menos de três minutos. No entanto, aos sete minutos, o Györi conseguiu impôr seu ritmo em quadra, e com a defesa no 5×1, marcou cinco gols e virou a seu favor (6-4).

Aos 15 minutos, o jogo pegou ainda mais fogo. As duas equipes trabalhavam bem a bola, mas era as defesas que melhor estavam em quadra. Bloqueavam as jogadas, e apesar da força, muitas vezes colocadas ali, marcavam poucas faltas. E desta forma, surgiu alguns (poucos) sete metros e penalizações de 2 minutos. O Vadar voltou a empatar, com o gol de Lacrabere, em tiro de 7 metros. Mas Groot desempatou e colocou novamente o Györ a frente. Aliás, a equipe se manteve com a vantagem de três gols durante boa parte dos minutos sequenciais. Porém, aos 27 minutos com os gols de Camila e Penezic, o Vadar diminuiu a vantagem (14-12). Placar Parcial: GYO 15 x 12 VAR.

Segundo tempo

O segundo tempo mal tinha começado e as equipes já tinham presentado as torcidas com dois belos arremessos e duas belas defesas das goleiras. Mayssa entrou para defender o arco do Vadar, aliás, foi o time que mexeu no marcador naquele começo de etapa complementar (16-13). Naqueles minutos iniciais o jogo se manteve assim, com o Vadar marcado, como no gol de Herrem, e o Györ fazendo seus gols para tentar manter a vantagem (18-16). A diferença entre as equipes chegou a três, mas o Vadar melhorou na segunda etapa, e pressionava. Aos 16 minutos o Vadar encostou (20-19). Com os gols de Groot e Duda Amorim, o Györ voltou a ficar a frente, mas Althus não estava presente apenas na defesa, já que a atleta chamou a atenção pelas fortes faltas que cometeu, mas também no ataque, e foi através dela que o Vadar empatou o jogo, aos 22min25seg (24-24).

No tiro de 7 metros, o Györ conseguiu ficar a frente, algo que desestabilizou, por alguns momentos, o Vadar, que ansioso na defesa, cometeu faltas. O treinador pediu pausa, e as atletas voltaram mais calmas para a quadra depois da conversa. Aos 29 minutos o empate volta (26-26). Contra-ataque daqui, defesa, ataque da ali, defesa. O jogo terminou com o placar inalterado e foi para a prorrogação. Placar: GYO 26 x 26 VAR.

Prorrogação

A prorrogação começou com gol de Mork, para o Györ (27-26), sendo que em um contra-ataque do clube, Mork marcou (28-26). Neste momento, a torcida verde-branca não parava de cantar. O bumbo tocava, torcedores batiam palmas. O estímulo fez com que o terceiro gol fosse marcado, por Görbicz (29-26). Só que o Vadar, que tinha no banco as animadoras da torcida, não entregou os pontos, e com Mavsar e Lekic encostaram (29-28).

No etapa secundária da prorrogação, o Györ voltou marcando gol (30-28), mas Broch levou 2 minutos e complicou a vida da equipe. Lacrabere bateu o 7 metros e, com perfeição, marcou para o Vadar (30-29). O Györ trabalhou a bola, e em uma troca de passes ensaiada, Mork fez gol (31-29). Contudo, o Vadar tinha Lacrabere, que marcou, de 7 metros, mais um belo gol (31-30). O Vadar ameaçou, mas perdeu a bola, o último ataque era do Györ, que também perdeu a bola, todavia, não houve tempo para o Vadar contra-atacar. A árbitra apitou e pediu a bola, fim do confronto. Placar Final: GYO 31 x 30 VAR.

O bronze da Champions League

O bronze da Champions League foi decido na manhã deste domingo. O Buducnost era o mandante do jogo, porém, quem colocou o ritmo dentro de quadra foi o Bucuresti, que não apenas conseguiu abrir vantagem, como a manteve durante os 60 minutos, e desta forma conquistou a terceira colocação. Placar Final: BUD 20 x 26 BUC

Anúncios

2 comentários sobre “Györ é tricampeão da Champions League

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s