Sem férias, a Ulbra se prepara para o JUB’s

A equipe da Ulbra durante treinamento/ Foto: Luana Ortiz

Mesmo após conquistar os Jogos Universitários Gaúchos (JUG’s) em maio deste ano, a Ulbra não teve descanso. Com treinos intensos, a equipe de Canoas agora se prepara para o Jogos Brasileiros Universitários (JUB’s), que será em outubro, em Goiana (GO).

Mesmo com a dedicação do time, o técnico Ricardo Gomes explica os objetivos da Ulbra nesta temporada: “Nesse momento que a equipe atravessa, nossos objetivos são regionais. Vencer a competição universitária nacional é um lucro dentro do nosso programa de preparação, mas claro que isso não é descartado”.

Na equipe desde 2013, a goleira Tainara dos Santos da Rosa, conta que o grupo se prepara para as competições desde o começo do ano, no qual no primeiro encontro tudo já estava programado com os principais jogos. Sobre o JUB’s ela ressalta: “Posso dizer que estamos nos preparando bem e esperamos corresponder as expectativas.”

A respeito da preparação da Ulbra para a etapa nacional do campeonato universitário, Ricardo explica que as atletas não tiveram férias nem pausa, após a conquista do JUG’s. No entanto, algumas jogadoras que estavam mais cansadas ou com lesões tiveram um período de repouso. As demais seguiram nas atividades e na programação de treinamento.

“A preparação para o JUB’s entrou na programação que estava planejada. Não foi modificada de maneira significativa, foram feitas algumas alterações, a ideia é ir elevando o nível de condicionamento e recuperar todas as lesões. Aumentar o entrosamento do grupo e atuar no sistema defensivo de forma bem significativa, pois as equipes que enfrentaremos são muito qualificadas”, ressalta o treinador.

Ao falar da equipe nesta temporada, Gomes conta que a Ulbra perdeu importantes atletas titulares, como Kelly Adriane, Gisele Duarte e Juliana Führ. Porém, o grupo teve renovação, a idade média baixou e jogadoras juvenis estão no grupo.

O JUB’s terá os jogos de 18 a 27 de outubro. Perguntado sobre as dificuldades que a Ulbra terá no torneio, Ricardo salienta:

“Acreditamos que as dificuldades serão os adversários qualificados, com um bom nível técnico e físico. São equipes que mantém um padrão de competição elevado. Outra dificuldade será o clima e a alimentação. Não teremos um clima favorável, pois é uma região que tem um período de muita seca. Isso dificulta a respiração e o desgaste é dobrado”.

Tainara lembra que o maior problema será enfrentar a pressão que o campeonato exerce nas atletas. “A meu ver a maior dificuldade não estará nos jogos e nem no lugar, a dificuldade está em nós mesmas, pois se conseguirmos manter a calma e paciência necessária o jogo flui. Conseguiremos fazer o que gostamos sem pressão, e sim. nos divertindo”, diz.

Já sobre as possibilidades que a Ulbra terá no JUB’s, Ricardo fala que “a facilidade é que a nossa equipe é muito entrosada e conta com jogadoras com potencial de jogar em diversas posições, já que na 2ª divisão só podemos contar com12 atletas, diferente da 1ª que permite as 14 jogadoras”.

Tainara conclui: “As facilidades em um campeonato universitário Brasileiro não são muitas, mas por sermos uma equipe que se conhece bem e é bem organizada acredito que isto contará como uma desenvoltura na hora do jogo.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s