Drops Handebol: Escolinha com vagas aberta em Três Lagoas e em Recife tem peneira no Sport

Nessa terça-feira, 30 de janeiro, um drops handebol com duas informações quentinhas para quem busca por time. Em Três Lagoas (MS) a escolinha de esportes está com vagas abertas para diferentes modalidades, entre elas o handebol. As aulas começam em fevereiro. Já em Recife, o Sport terá peneira para compor o Cadete.

SEJUVEL com inscrições abertas em escolinha de esportes

A Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer (SEJUVEL) da Prefeitura de Três Lagoas (MS), está com inscrições abertas para handebol, futebol, futsal, basquete, vôlei, vôlei de areia, ginástica, treinamento funcional, tênis de mesa, zumba e núcleo da melhor idade. Os interessados podem participar em mais de uma modalidade, conforme os horários oferecidos.

As aulas começarão no dia 5 de fevereiro em todos os núcleos e escolas participantes da programação. Mas atenção, tanto alunos novos quanto os veteranos devem se inscrever se quiserem participar das aulas e das equipes nessa temporada. Leandro Dias, Secretário da SEJUVEL, explicou que as inscrições dos alunos veteranos são necessárias, pois o sistema de cadastro está passando por atualização.

“As inscrições e reinscrições vão compor um banco de dados que podem ser fornecidos a clubes e agremiações interessados em novos talentos. Por isso, é importante que todos os alunos atualizem seus dados”, alerta Dias.

Para realizar a inscrição, os alunos devem comparecer a SEJUVEL (confira o mapa) com documentos pessoais, de segunda a sexta-feira, das 11h às 17h.

Informações adicionais podem ser obtidas pelo telefone (67) 3929-9886.

O Leão Rubro Negro com seletiva nessa sexta-feira e sábado

O Sport Recife (PE) terá seletiva nessa sexta-feira e sábado, 2 e 3 de fevereiro, para as equipes de handebol Cadete Feminino e Masculino (dos 12 aos 16 anos).

Os testes na sexta serão realizados, a partir das 14h, e no sábado, a partir das 9h, na Quadra Jorge Maia, na Ilha do Recife (veja o mapa). Não é necessário inscrição prévia, os interessados devem comparecer no dia da peneira ao ginásio com documento original com foto e uma foto 3×4 para preenchimento do formulário.

“Com os títulos de grande expressão que o handebol do Sport conquistou nos últimos anos, a procura por uma vaga no time tem sido cada vez maior. Essas seletivas são fundamentais para dar oportunidade e achar novos talentos nas diversas regiões do estado. Estamos com uma grande expectativa para os testes”, ressaltou Márcio Ferreira, diretor do handebol do Leão Rubro Negro.

Anúncios

Seleção Brasileira Masculina começa o plano de preparação para Tóquio 2020

Yoyogi National Stadium foi construído em 1964 e passará apenas por alguns ajustes./ Foto: Arch Daily

A Seleção Brasileira Masculina começa o plano de preparação para Tóquio 2020. Preparação essa que incluí treinos no Japão, na sede que receberá os jogos de handebol. Mas antes disso acontecer, a equipe nacional terá importantes campeoantos, como o campeonato Pan-Americano e Jogos Odesur, que acontecerão nesse ano.

A agenda da Seleção está cheio em 2018. Além dos treinos, os brasileiros enfrentarão a seleção húngara, a polonesa e a austríaca em Torneio Amistoso, no mês de abril. Em junho, a equipe nacional disputará os Jogos Odesur, na Bolívia. Essa competição classifica os três primeiros colocados para os Jogos Desportivos Pan-Americanos, que será em Lima (PER), no ano que vem.

No mesmo mês, a Seleção Brasileira disputará o Pan-Americano de Handebol, que será disputado no Groenlândia, sendo que o campeão conquista a vaga para o Mundial 2019.

Washington Nunes, treinador da Seleção, falou sobre esses compromissos:

“Temos um projeto grande para 2018, com desafios que ajudarão a equipe a estar cada vez mais entrosada e com um esquema de jogo sólido. Será um ano de treinamento e de evolução”.

Como as principais competições dos brasileiros está no primeiro semestre, Nunes contou que no segundo semestre a Seleção voltará o foco para os treinamentos e já poderá sentir o gostinho das Olimpíadas. O treinador disse que os Comitês Olímpicos do Brasil e do Japão criaram uma boa relação durante a Rio 2016, e em virtude dessa amizade, a Seleção conseguiu marcar uma série de amistosos e treinos no Yoyogi National Stadium, ginásio que receberá os jogos de handebol na Tóquio 2020.

“Teremos uma carga intensa de trabalho por lá. Vamos treinar, usar a academia e jogar contra a seleção japonesa. Será importante para nos familiarizarmos com as instalações de Tóquio desde já. Nossa principal meta é conquistar a vaga para estar ali em 2020. Acredito que sentir esse gostinho de Olimpíada vai motivar ainda mais os jogadores”, salientou o técnico.

Washington explicou que a Seleção Brasileira continuará com o processo de renovação iniciado em 2017. A expectativa é que a equipe se consolide até o final dessa temporada. Atualmente, o técnico relatou que o Brasil tem aproximadamente 45 jogadores atuando em times do exterior e estão constantemente sendo observados.

Qatar é tricampeão Asiático de Handebol!

Qatar conquistou o título de 2014, 2016 e agora o de 2018/ Foto: QHA

O domingo, 28 de janeiro, também foi de decisão no Campeonato Asiático Masculino de Handebol 2018. O Qatar conquistou o tricampeonato e a vaga para o Mundial 2019. O bronze foi conquistado pela Coréia do Sul.

Na final o Qatar encarou o Bahrain, o jogo foi bastante disputado. Os ataques estavam impecáveis, pois eram rápidos e conseguiam trabalhar bem a bola, com bons passes e bons arremessos. As defesas conseguiam se recuperar rápido, com o intuito de bloquear os avanços rivais. Mesmo com bons bloqueios, a seleção barenita conseguiu abrir um gol de vantagem antes da saída para o intervalo. Placar Parcial: BAH 17 x 16 QAT.

No segundo tempo o jogo ficou ainda mais intenso, com as duas equipes nacionais atacando forte. O Bahrain foi para cima e não mediu esforços para se manter a frente. Mesmo esbarrando no forte bloqueio, tentava furar o mesmo, arremessando sempre que possível. Porém, o Qatar não estava em quadra para brincar, fechou a defesa, não deixava quase nada passar. Era muito veloz e contra-atacava bem, assim abria o placar e evitava os gols. Como o jogo estava equilibrado, o Qatar conseguiu abrir apenas dois gols de vantagem, mantendo-a até o último apito. Placar Final: BAH 31 x 33 QAT.

Com essa conquista o Qatar levantou a taça do Asiático pela terceira vez e ainda garantiu a vaga para o Mundial.

O bronze foi conquistado pela Coréia do Sul que venceu a Arábia Saudita, por 21 a 26 (6-16).

O Campeonato Asiático 2018 aconteceu de 18 a 28 de janeiro em Suwon, na Coréia do Sul.

*Atualizado, às 23h50

Final de semana encerra quarta rodada de disputas da EHF Cup Feminina

Larvik é líder da Chave D/ Foto: EHF

A quarta rodada da EHF Cup Feminina foi disputada nesse final de semana, 27 e 28 de janeiro. Foram realizados oito partidas, válidas por todos os grupos.

No sábado, Byåsen venceu o Kastamonu, por 26 a 24. Kristiansand derrotou o Togliatti, por 30 a 21.

Larvik bateu o H 65 Hoor, pelo placar de 34 a 23. Zalau superou o Mosto, por 31 a 28. Já o Craiva venceu o Krasnodar, por 30 a 24.

Nesse domingo, o Viborg superou o Gdynia, por 21 a 32. Issy e Copenhagen empataram em 28 a 28. Brest derrotou o Randers, por 23 a 15.

Com o fim da rodada é possível ver que a competição é equilibrada, pois nenhuma equipe está invicta. Todas venceram três jogos e empataram ou perderam um. O único grupo que o líder tem dois pontos de vantagem sobre o segundo é o A, em que o Brest Bretagne tem seis pontos e o Craiva tem quatro.

No Grupo C, Viborg e Kastamonu estão empatadas, cada um com seis pontos. Nas Chaves B e D apenas um ponto separam os primeiros colocados dos segundos.

Bucuresti e Vadar são líderes dos Grupos 1 e 2 da Champions League

Vadar está invicto no campeonato/ Foto: EHF

O final de semana, 27 e 28 de janeiro, foi de jogos pela quinta rodada da Champions League Feminina. Ao todo foram disputados seis jogos, válidos pelos Grupos 1 e 2. Bucuresti e Vadar são os atuais líderes do campeonato.

No sábado foram três confrontos. Vadar venceu Metz, por 29 a 23. Thuringer superou o Bietigheim, por 28 a 26. Já p Bucuresti derrotou o Györ, por 28 a 22.

Nesse domingo, Ferencvaros bateu o Buducnost, por 34 a 26. Rostov venceu o NFH, por 25 a 29. Ljubljana venceu Midtjylland, por 24 a 23.

No Grupo 1, o Bucuresti é o líder com 8 pontos, o segundo colocado, o Györ tem seis pontos, apenas dois de diferença. No Grupo 2, o Vadar é o primeiro colocado, com 10 pontos, com mais folga de distância do segundo lugar, o Ferencvaros, seis pontos.

Espanha é campeã da EHF Euro Croácia 2018!

Depois de esbarrar em três final, a Espanha conquista a Europa!/ Foto: Real Federación Española

A Espanha é campeã da EHF Euro Croácia 2018! Na final realizada neste domingo, 28 de janeiro, na Arena Zagreb, na capital croata, a seleção espanhola encarou a seleção sueca, numa partida que incendiou a torcida que lotava o ginásio.

O jogo começou intenso, com a bola sendo disputada segundo a segundo. O confronto mal tinha começado e os espanhóis já tinham balançado as redes, abrindo o marcador. Não demorou, porém, para os suecos também marcarem (1-1). Nos minutos iniciais a Espanha era melhor, tinha no ataque a agilidade suficiente para conseguir manter a equipe a frente. Contudo, a Suécia conseguiu corrigir as falhas e atacou forte, e mesmo com um 7 metros bem convertidos para os rivais, não se abalou. Pressionou tanto, que aos 10’35” conseguiu enredar os espanhóis, viraram o jogo e abriram três gols de vantagem. Jordi Ribera percebeu o baixo desempenho dos espanhóis pediu tempo técnico e na conversa com os atletas solicitou o “um contra um”. A Espanha tentou, nos contra-ataques diminuir a vantagem, mas a Suécia seguia dominando (8-6).

A Suécia dominou a primeira etapa/ Foto: EHF

Os suecos dominavam o confronto, com boas ações de ataque e uma defesa que estava impecável, se recuperava rápido, bloqueava as ações dos espanhóis e tinham ótimas defesas do goleiro Mikael. Mas aos 24′ a Espanha voltou a reagir e pouco tempo depois encostou no marcador (11-12). Toda via, a Suécia estava disposta a vencer e voltou a marcar e a abrir vantagem. Placar Parcial: ESP 12 x 14 SUE.

Na etapa complementar, a Espanha entrou em quadra dominando. A defesa fechou-se e o ataque foi para cima. Aos 5′ os espanhóis conseguiram empatar, viraram o jogo e abriram dois gols de vantagem (16-14). A partir daquele momento, os suecos não conseguiam reagir, tinham espaços na defesa, eram lentos na recomposição, contra-atacavam bem, mas esbarravam na fechada defesa da Espanha.

Os espanhóis pintaram o continente de vermelho, amarelo e azul/ Foto: print

Ao decorrer do segundo tempo, a Espanha não demorou para ampliar a vantagem, a Suécia melhorou no jogo. Trocava bem os passes, não perdia as bolas, contra-atacava, pressionava, ia para cima, mas errava nos arremessos a gol. Não conseguia converter os lances em gol. Era essa a principal fragilidade dos suecos. Nem mesmo quando os espanhóis estavam sem arqueiro, em virtude do goleiro-linha, conseguiram aproveitar todas as oportunidades de balançar as redes. Uma das vezes, a Espanha tinha perdido um gol, no ataque os suecos que correram e foram para a parte defensiva espanhola, que estava sem goleiro. Alex conseguiu ser mais rápido e quase dentro da goleira, espalmou a bola para fora, impedindo o gol sueco. Mas claro, quando a Espanha teve outro goleiro-linha, a Suécia aproveitou e arremessou do meio da quadra. Acertou a rede. Nos últimos minutos, o embate seguia intenso, com a Espanha defendendo bem, atacando sempre que possível e com a Suécia tentando chegar ao gol. Mesmo marcando mais vezes, os suecos não conseguiram segurar os espanhóis que acabaram o encontro com a vitória, o título e a vaga para disputar o Mundial 2019. Placar Final: ESP 29 x 23 SUE.

O goleiro espanhol, Arpa, foi considerado o melhor jogador da partida. A artilharia da final foi compartilhada entre Ferran Solé e David Balaguer, Espanha, e entre Jesper Nielsen, da Suécia, com 5 gols cada.

Após o enceramento da partida, Raúl Entrerrios, o camisa 9 da Espanha, falou sobre a conquista:

“É uma situação incrível, difícil de definir. Nós trabalhamos muito para isso. É um prêmio para toda equipe”.

França conquista o bronze

Franceses colocaram a medalha no pescoço/ Foto: print

Antes da grande final aconteceu a disputa pelo bronze. França e Dinamarca estavam na briga pelo terceiro lugar do campeonato. Ambas seleções tinham defesas bem armadas e ataques rápidos. O jogo foi disputado do início ao fim, com boas trocas de passes, bons arremessos e boas defesas. No primeiro tempo, os franceses conseguiram ser mais efetivos, abriram dois gols de vantagem e seguraram os dinamarqueses (17-14). No segundo tempo, no entanto, a Dinamarca foi para cima e também não deu muito espaço para a França, que só conseguiu se manter a frente graças a diferença criada no início. Vitória e bronze para a seleção francesa. Placar Final: FRA 32 x 29 DIN.

Pela décima vez, a Tunísia é campeã do Africano de Handebol

A seleção da Tunísia é o maior campão Africano/ Foto: CAHB

Pela décima vez, a seleção da Tunísia é campeã do Campeonato Africano de Handebol Masculino. A final aconteceu nesse sábado, 27 de janeiro, contra a seleção do Egito. Também no sábado, Angola conquistou o bronze.

Repetindo a final de 2016, quando o Egito levantou a taça, os tunisianos e egípcios se enfrentavam pelo título continental e pela vaga no Mundial 2019. O confronto começou quente, com bons ataques e boas defesas. As trocas de passes e as roubadas de bola fizeram a torcida ir ao delírio. As equipes nacionais estavam bem armadas, os ataques eram muito rápidos, as defesas se fechavam bem e eram ágeis. O jogo na primeira etapa foi disputado segundo a segundo. Muitas faltas, em virtude disso, aconteceram. Mesmo com equilíbrio dentro de quadra, o Egito conseguiu furar o bloqueio rival e abriram dois gols de vantagem, indo ao intervalo com certa tranquilidade. Placar Parcial: TUN 13 x 15 EGI.

O jogo, na etapa complementar, seguia tão intenso quando no primeiro. A bola era disputada e os goleiros tiveram trabalho. No entanto, os tunisianos conseguiram fechar a defesa, fazendo importantes bloqueios e contra-atacando com muita rapidez. Desta forma, enredaram os egípcios, não dando a eles a oportunidade de marcar. Enquanto isso acontecia, a Tunísia tinha no ataque a liberdade de conseguir ser mais rápida que a defesa do Egito, furando os bloqueios, achando espaços e balançaram as redes mais vezes. Empataram o jogo e viraram, se mantiveram a frente e desta forma garantiram a vitória e o título 2018! Placar Final: TIN 26 x 24 EGI.

Na partida pelo bronze, Angola conseguiu vencer Marrocos, por 29 a 26, e conquistou o bronze.

O Campeonato Africano de Handebol 2018 aconteceu de 17 a 27 de janeiro em Gabão.

Atenção: clubes com seletivas abertas para a base no Estado de São Paulo

Atenção futuros craques que querem ter um time para chamar de seu nesse ano de 2018. Clubes no estado de São Paulo estão com seletivas abertas para diferentes categorias. As provas serão no final desse mês de janeiro e começo de fevereiro.

ADH 15 de Piracicaba com peneira para as meninas

A ADH 15 de Piracicaba terá peneira para as meninas no próximo domingo, 28 de janeiro. As provas serão para as categorias Sub-12 (nascidas entre 2006 a 2007), Sub-14 (nascidas entre 2004 a 2005) e Sub-16 (nascidas entre 2002 a 2003).

Para se inscrever para a seletiva basta que as interessadas compareçam no dia 28 no Ginásio Municipal de Esportes do Parque Prezotto (ver mapa), em Piracicaba (SP), no horário das 9h às 11h. É importante que as meninas que forem participar da seletiva estejam acompanhadas de um responsável legal e ambos devem apresentar RG, no caso dos responsáveis também o CPF.

Não é necessário ter conhecimento prévio das técnicas do esporte para integrar as categorias de base do time de handebol piracicabano.

Informações podem ser obtidas com o técnico José Batista pelos telefones (19) 99775-6988 e/ou (19) 99738-8906.

Rio Claro com seletiva para o Juvenil Masculino

Rio Claro terá seletiva para o Juvenil Masculino. Podem participar meninos nascidos de 2000 a 2002. A prova será no dia 2 de fevereiro, às 14h, no Centro Social Urbano Zona Sul (ver mapa), em Rio Claro (SP). É necessário inscrição e ela poderá ser realizada através do Whatsapp, pelos números: (19) 98177-0184 e/ou (19) 99983-6667.

No dia da peneira é importante comparecer com meia hora antes da prova portando RG e atestado médico atualizado liberando a prática esportiva.

Os aprovados farão parte da equipe que nesse ano disputara o Campeonato Paulista, a Lhesp, os Jogos da Juventude e os Jogos Regionais.

Informações pelo facebook.com/institutocrescernoesporte.

Herkules terá peneiras para compor três times

O Herkules terá peneiras para compor três times de base, todos no masculino. As provas serão realizadas no dia 3 de fevereiro, em horários diferentes para cada categoria.

A seletiva para o Mirim (meninos nascidos entre 2006 a 2007) será das 10h às 11h. No Infantil (nascidos entre 2004 a 2005) a prova será das 11h30 às 12h30. No Cadete (nascidos entre 2002 a 2003) será das 12h30 às 14h.

Não é necessário inscrição prévia, mas é importante comparecer no dia da seletiva com no mínimo meia hora antes dos testes com documento original com foto e atestado médico atualizado liberando a prática esportiva.

As seletivas serão realizadas no Ginásio Poliesportivo Paschoal Thomeu (ver mapa), em Guarulhos (SP).

Os aprovados irão compor os times que nessa temporada disputarão o Campeonato Paulista, o Campeonato Brasileiro, a Partilhe Cup e a Paris Cup.

Hebraica com seletiva para o feminino Infantil e Cadete

A Hebraica terá seletivas para o feminino Infantil e Cadete. As interessadas devem se inscrever até o dia 30 de janeiro, pelo Whatsapp (11) 99389-5754, nesse mesmo número é possível saber mais informações e o local das provas.

No momento da inscrição é importante dar os dados: nome completo, número do RG e data de nascimento.

Os testes serão aplicados no dia 6 de fevereiro. No Infantil será das 16h às 17h30. No Cadete será das 17h30 às 19h.