Confira os resultados do segundo dia de Mundial Universitário

Foram seis jogos nos dois naipes. / Foto: Jan Mastrović

O Mundial Universitário de Rijeka (CRO) chegou no segundo dia nessa terça-feira, 31 de julho. Confira os resultados:

Masculino

C/TAI 25 x 29 JAP
POL 26 x 30 COR
EGI 28 x 30 POR
RTC 25 x 25 CRO

Feminino

POL 31 x 32 COR
URU 10 x 29 ROM

Rodada de quarta-feira

O Mundial segue nessa quarta-feira, 1 de agosto, incluindo com a segunda rodada para a Seleção Brasileira. Veja a lista abaixo:

Feminino

7h: JAP x RTC
9h: COR x ESP
11h: POL x URU
13h: BRA x CRO

Masculino

7h: C/TAI x POL
9h: JAP x ROM
11h: EGI x RTC
13h: POR x LIT

Lembrando que as partidas são transmitidas pela página da organizadora do campeonato. Clique e confira.

*Atualizada em 1 de agosto.

Anúncios

Liga Asobal vai ser transmitida em streaming nesta temporada

Presidente da Asobal, Adolfo Aragonés, e Presidente da LaLiga, Javier Tebas./ Foto: divulgação

Liga Asobal vai ser transmitida em streaming nesta temporada 2018/2019. A ASOBAL fechou acordo LaLiga TV, canal de esportes conhecido por transmissões de futebol. Com o negócio, serão exibidos 130 partidas na LaLiga4Sports, criado no começo deste ano, com a meta de promover outras modalidades esportivas e aproximar torcedores de outros esportes. O valor do acordo não foi divulgado.

A parceria faz com que os jogos da ASOBAL (Liga, Copa e as oitavas da Copal del Rey) deixem de serem transmitidos com exclusividade pela Movistar+, canal fechado da Telefónica, que pagou 750 mil euros por temporada.

Em nota, a ASOBAl divulgou que serão transmitidos, em aberto, quatro partidas por semana. “Agora os clubes podem crescer em seus valores atuais e terão mais facilidade no trabalho de encontrar novos patrocinadores, tornando seus jogadores mais conhecidos e ajudando a crescer o handebol”, salientam os responsáveis pelos do órgão, e completam:

“A aliança com LaLiga, nos ajudará com a sua mão, a dar um impulso a promoção do handebol em campos e em um nível que nunca se viu antes.”

Javier Tebas, Presidente da LaLiga, ressaltou:

“Esse é o primeiro passo de uma plataforma de televisão voltada aos esporte espanhol, no qual o handebol ocupará um lugar essencial”.

Final de semana teve o retorno dos jogos do Super Paulistão

Bruna Dias (centro) do Bauru foi destaque do jogo. / Foto: FPHb

O final de semana, 28 e 29 de julho, foi de retorno dos jogos do Super Paulistão no Adulto Feminino e na Base. Confira os resultados e os próximos jogos nessas categorias.

No sábado, pelo Adulto Feminino, o Guarulhos venceu o Bauru, por 28 a 30. No domingo, o Bauru bateu o Franca, por 54 a 17.

Na quinta-feira, 2 de agosto, Sorocaba encarará o Time Jundiaí, às 18h30, no Ginásio de Esportes Éden. Na sexta-feia, dia 3, Santo André receberá o São Bernardo, às 19h30, Ginásio Poliesportivo Camilópolis.

Na sexta-feira, Guarulhos e Pinheiros farão a partida, às 14h, no Ginásio de Esportes do Céu Jardim Cumbica.

Super Paulistão – Base

Na base, no Infantil Feminino, Centro Olímpico venceu o São Bernardo, por 24 a 18.

Na quinta-feira, Clube Mogiano encarará Centro Olímpico, às 17h, no C. Mogiano. No sábado, dia 4, Clube Mogiano receberá o São Bernardo, às 13h.

Pelo Cadete Masculino, São Paulo e CPH empataram em 26 a 26. São Caetano venceu o São Paulo, por 28 a 34.

No sábado, dia 4, São Bernardo e São Paulo se enfrentarão, às 14h, no Ginásio Baetão.

No domingo, dia 5, Pinheiros e São Caetano, às 11h, no Ginásio do Esporte Clube Pinheiros. No mesmo horário será o confronto entre Guarulhos no Céu Cumbica. A Hebraica irá receber no seu ginásio o CPH, às 15h.

No Júnior Masculino, Pinheiros venceu o São Bernardo, por 25 a 21. Taubaté superou o São Bernardo, por 25 a 21. O Taubaté venceu o Cerquilho, por 37 a 20.

No sábado, Ribeirão Preto e Pinheiros jogarão, às 16h, no Alberto Sabin. São Bernardo e Cerquilho farão o confronto, às 18h, no Ginásio Baetão.

Áustria ficará com a vaga do Brasil no Mundial Juvenil

Divulgação

A Áustria ficará com a vaga do Brasil no Mundial Juvenil Feminino, que será em agosto na Polônia. Como anunciamos na noite de domingo, 29 de julho, a Seleção Brasileira, campeã do Pan-Americana, não vai disputar o Mundial, em virtude da falta de verbas para enviar as atletas ao país-sede do Mundial (leia a nota). A Federação Internacional de Handebol (IHF) confirmou que o Brasil não irá ao Mundial ao relatar em nota que recebeu nessa manhã desta segunda-feira, 30, o comunicado da ausência da equipe.

A IHF informa que conforme está no Artigo 2.8. do Regulamento para as Competições da IHF para Jovens e Juniores, o órgão abordou a quarto lugar, Uruguai, e a quinta colocada, Paraguai, no Pan-Americano, no entanto, as federações explicaram que não teriam como enviar as seleções para Kielce, cidade-sede do Mundial. Como a vaga do Brasil ficaria em aberto, ela foi realocada para uma equipe européia, já que esse era o continente da campeã de 2016, a Rússia. Assim, por ter feito uma campanha regular na EURO da categoria, em 2017, a Áustria foi abordada pela IHF e aceitou o convite para participar da Polônia 2018.

A Áustria, portanto, se junta à lista de participantes do Campeonato Mundial lado de outras 23 nações, a anfitriã Polônia estava diretamente qualificada; Alemanha, Noruega, Hungria, França, Rússia, Dinamarca, Romênia, Espanha, Suécia, Holanda, Montenegro, Eslováquia e Croácia chegaram à Polônia como os principais times da EURO. Coréia, Japão, China e o Cazaquistão garantiram vagas, através do Campeonato Asiático, em 2017. Egito, Tunísia e Angola garantiram os lugares no Campeonato Africano, realizado em setembro de 2017. Chile e Argentina são os dois representantes das Américas, depois de terminarem em segundo e terceiro lugares, respectivamente, no Campeonato Pan-americano, em abril deste ano.

Brasil bate a República Tcheca na estreia do Mundial Universitário

Seleção Brasileira busca o bi na Croácia./ Foto: Instagram Nadyne Morcineck

A Seleção Brasileira bateu a República Tcheca, 29 a 28, na estreia do Mundial Universitário de Rijeka, na Croácia, no começo da manhã desta segunda-feira, 30 de julho, no naipe feminino. Com a vitória as meninas do Brasil garantiram a segunda colocação da Chave A, empatada em pontos com o Japão, que só está na frente, em virtude do saldo de gols. As brasileiras voltam ao Mundial na quarta-feira, dia 1 de agosto.

O jogo começou intenso, com as duas seleções se defendendo bem. As equipes trocavam passes, mas o Brasil conseguia ser mais efetivo nos arremessos a gol, tanto que nos dois primeiros minutos as brasileiras Talita Alves e Evelyn Simões já haviam balançado as redes. A República Tcheca marcou seu primeiro gol aos 3′, feito por Tereza e na sequencia empatou com o gol de Eliska. A Seleção Brasileira sentiu a pressão e não conseguia mais atacar com eficiência, bloqueava bem, mas a defesa era lenta no retorno, não evitando os contra-ataques. Em três minutos, as tchecas conseguiram abrir quatro gol de vantagem (6-2). Mas as campeãs de 2014 conseguiram deixar o nervosismo da estreia para trás, e reagiram, buscando diminuir a diferença que separava as equipes.

Nadyne Keller marcou para a Seleção Brasileira aos 14′ diminuindo a vantagem para dois gols (7-5). O confronto voltou a ter a bola disputada segundo a segundo, com boas trocas de passes e rápidos contra-ataques. Não era difícil ver um gol para cada lado, a cada minuto, e uma defesa para cada seleção a cada momento. Aos 23′ Francinete Carneiro fez o gol do empate (11-11). A República Tcheca desempatou, mas o Brasil empatou novamente, abriu vantagem, mas as tchecas voltaram a empatar. Tudo indicava que o confronto iria para o intervalo empatado, mas Rafaella Rodrigues fez o gol que levou o Brasil para o vestiário com certa tranquilidade. Placar Parcial: BRA 15 x 14 RTC.

O segundo tempo voltou tão disputado como o primeiro, com as duas seleções se defendendo bem, se apoiando nos contra-ataques. Apesar do Brasil estar na frente, chegou a abrir três gols de vantagem aos 5′(18-15). Mas era apenas a sensação do marcador, o jogo era equilibrado, com Brasil e República Tcheca atuando muito similares. A Seleção Brasileira, mesmo com a pressão da seleção tcheca, conseguia se manter a frente no marcador.

Tereza Porkona, aos 10′, fez o gol que levou a República Tcheca a encostar no placar (20-19). Mas Vitória Camila e Francinete fizeram os gols que mantiveram o Brasil longe do empate (22-20). Não foram poucos os gols na sequencia, no estilo lá e cá, também não foram poucas as roubadas de bola, os contra-ataques e as grandes defesas, que colocavam as goleiras como destaques. Nos últimos minutos, Veronika marcou para as tchecas, mas os dois gol, um feito nos segundos finais, não foram suficientes para o empate, assim a Seleção Brasileira garantiu primeira vitória no Mundial Universitário. Placar Final: BRA 29 x 28 RTC.

A artilharia do confronto foi a tcheca Veronika Galusková, com 11 gols marcados. Do lado brasileiro a jogadora que mais marcou foi Francinete Carneiro, que balançou as redes com seis vezes.

A Seleção Brasileira voltará ao Mundial na quarta-feira para enfrentar a Croácia, às 13h.

As partidas do Mundial podem ser assistidos na página da organizadora do campeonato: https://www.facebook.com/wucrijeka2018/

Resultados do primeiro dia de Mundial

O Mundial Universitário acontece em Rijeka (CRO) e nesse primeiro dia de disputas quatro jogos no feminino e quatro no masculino foram realizados.

Entre as mulheres os jogos tiveram esses resultados:

CRO 17 x 31 JAP
BRA 29 x 28 RTC
ESP 37 x 8 URU
ROM 28 x 27 POL

Entre os homens os resultados foram os seguintes:

ROM 28 x 20 POL
COR 42 x 30 CHI/TAP
LIT 32 x 25 RTC
CRO 33 x 33 EGI

Nota

Brasil não disputará o Mundial Juvenil em agosto

Segundo informações, A Seleção Brasileira não irá participar do Mundial Juvenil Feminino, que será de 3 a 19 de agosto, em Kielce (POL). Ainda precisaremos confirmar como ficará a vaga com a IHF e se o Brasil sofrerá com alguma consequência pela ausência da equipe campeã pan-americana. Quando for possível traremos mais informações.

Confira os resultados da rodada do final de semana no Gaúcho 2018

As equipes da Capital se enfrentarão no sábado./ Foto: FGHb

O final de semana, 28 e 29 de julho, também foi de disputas no Campeonato Gaúcho de Handebol, no Adulto. Os jogos ocorreram em duas cidades no masculino e no feminino. Confira os resultados dos confrontos.

Pelo Masculino, no sábado, na partida que abriu a rodada, a UFRGS venceu o Handaction, por 21 a 14. O destaque foi Pedro Boher, da UFRGS. Recreio da Juventude superou ARE, por 19 a 17. O melhor jogador foi Gabriel Hermann, da equipe serrana.

AECB derrotou Apahand, por 23 a 19. O destaque foi Reinaldo Dalcin, do AECB. ASH bateu Clube Brilhante, por 26 a 23, sendo desse time o destaque, Anderson Cassel

Clube Brilhante venceu Recreio da Juventude, por 23 a 26. O melhor em quadra foi Leonardo L. Rodrigues, do Brilhante. UFRGS e Apahand empataram em 17 a 17. O destaque foi Felipe Pandolfo, da Apahand.

AECB superou o Handaction, placar de 39 a 21. O melhor em quadra foi Murilo Stuck, do time de Campo Bom. A ARE venceu ASH, por 23 a 24, sendo essa equipe o melhor do confronto: Adriano Schafer.

Nesse domingo, Apahand bateu Handaction, por 20 a 15. O destaque foi Leonardo Lima, do time de Caxias do Sul. ARE derrotou Clube Brilhante, por 14 a 22. O melhor do jogo foi Rogério Silva, do time vencedor.

AECB vence a UFRGS, por 23 a 17, o destaque foi Thomas Lock, da AECB. ASH venceu Recreio da Juventude, por 22 a 24, Lucas Machado, do clube santa-mariense, foi o destaque.

No Feminino foram apenas dois jogos, um disputado no sábado e outro no domingo. Na primeira partida, AECB derrotou CHCC, placar de 34 a 19. Karim Voltz, do AECB, foi a melhor em quadra.

No segundo embate, Apahand venceu a AECB, por 24 a 20. O destaque do encontro foi Daniele Mateus, da Apahand.

Com o fim do Mundial de Kazan, IHF divulga as listas dos All-Stars Teams

Os atletas na lista mostram a força do handebol de areia brasileiro./ Fotos: IHF

Com o fim do Mundial de Handebol de Areia de Kazan (RUS), a Federação Internacional de Handebol (IHF) divulgou as listas dos All-Stars. Também as classificações finais das seleções. Confira:

All-Star Team – Feminino

Goleira: Magdalini Kepesidou, Grécia
Ponta Esquerda: Maren Aardahl, Noruega
Pivô: Maria Asunción Batista, Espanha
Ponta Direita: Patrícia Scheppa, Brasil
Especialista: Vasiliki Skara, Grécia
Defesa: Elisabeth Hammerstad, Noruega
Jogadora Mais Valiosa (MPV): Juliana Oliveira, Brasil
Artilheira: Edna Viridiana Uresti Valencia, México, com 123 gols feitos
Seleção Fair Play: Noruega

All-Star Team – Masculino

Goleiro: Nohamed Abidi, Qatar
Ponta Esquerda: Ivan Juric, Croácia
Pivô: Attila Kun, Hungria
Ponta Direita: Lucian Buran, Croácia
Especialista: Bruno Oliveira, Brasil
Defensor: Thiago Barcellos, Brasil
Jogador Mais Valioso (MPV): Bruno Oliveira, Brasil
Artilheiro: Martin Vilstrup Andersen, Dinamarca, com 149 gols
Seleção Fair Play: Austrália

Classificação Mundial Kazan 2018 – Seleções Femininas

1 – Grécia*
2 – Noruega*
3 – Brasil*
4 – Espanha*
5 – Dinamarca*
6 – Polônia
7 – Rússia
8 – Paraguai
9 – Vietnã
10 – Uruguai
11 – França
12 – México
13 – China/Taipei
14 – Estados Unidos
15 – Tailândia
16 – Austrália

Classificação Mundial Kazan 2018 – Seleções Masculinas

1 – Brasil*
2 – Croácia*
3 – Hungria*
4 – Suécia*
5 – Espanha*
6 – Rússia
7 – Dinamarca
8 – Irã
9 – Qatar
10 – Oman
11 – Argentina
12 – Estados Unidos
13 – Austrália
14 – Vietnã
15 – Uruguai
16 – Neva Zelândia

*As cinco melhores seleções de handebol de areia do mundo