Aposentadoria premiada

Foto divulgação: Site Mundial

Lateral esquerdo espanhol encerra a carreira internacional com chave de ouro.

Alberto Entrerríos Rodrigues, lateral esquerdo da Espanha, se aposentou com o melhor presente de todo o campeonato: o título! Aos 36 anos, o capitão do time vencedor do 23º Mundial Masculino de Handebol da Espanha, não havia participado das olímpiadas de Londres, mas sua falta foi suprida pelo apelo do técnico Valero que solicitou seu retorno. Com o fim da carreira internacional o jogador, que marcou 719 gols em 336 partidas, ainda foi listado no “Time dos sonhos” da competição confira:

Foto divulgação: Site Mundial

 

Goleiro: Nicklas Landin (Dinamarca)
Extrema direita: Hans Lindberg (Dinamarca)
Extrema esquerda: Timur Dibirov (Rússia)
Pivo: Julen Aguinagalde (Espanha)
Central : Domagoj Duvnjak (Croácia)
Lateral direito: Laszlo Nagy (Hungria)
Lateral esquerdo: Alberto Entrerríos (Espanha)

Anúncios

A ESPANHA é o dono do Mundo até 2015!!! #HandEspanha2013

Os donos da casa agora donos do Mundo! / Foto: divulgação

Os donos da casa agora donos do Mundo! / Foto: divulgação

Não deu outra os donos da casa são os atuais campeões do Mundial Masculino de Handebol- Espanha 2013. A equipe espanhola jogou hoje contra a Dinamarca e fez uma atuação impecável, e que não deixou espaços para a favorita Dinamarca.

Foi a Espanha que abriu o placar e logo depois mostrou o porquê entrou em quadra. A diferença no placar logo aconteceu, mas ainda não era grande. A Dinamarca por sua vez correu atrás e em muitos momentos chegou encostar no placar, contudo não conseguiu empatar o jogo nem virar ao seu favor. Ao terminar o primeiro tempo a diferença já estava enorme: Espanha 18 contra apenas 10 gols da Dinamarca.

Quando começou o segundo tempo a Dinamarca parecia outra, entrou nas quatro linhas com voltade e até marcou. Porém a supremacia espanhola logo apagou a atução dinamarquesa. Encerrou-se a partida com o letreiro avisando a campeã: Espanha 35 x 19 Dinamarca.

Uma coisa deve ser dita, o goleiro da Dinamarca atuou bem, mas a defesa não. Isso foi o principal marco da goleada espanica.

Essas são as medalhas que serão recebidas pelos jogadores./ Foto: divulgação

Essas são as medalhas que serão recebidas pelos jogadores./ Foto: divulgação

Croácia conquista o bronze

Foto divulgação: Site IHF

A Croácia teve dificuldade de passar a Eslovênia na sua última partida.

Um jogo valendo a medalhe de bronze definiu o terceiro lugar do 23º Mundial Masculino de Handebol da Espanha para os croatas e o quarto lugar para os eslavos. Um jogo equilibrado entre dois países europeus que deixou a Croácia com a sua terceira medalha de bronze, a primeira na Sérvia e a segunda em Londres.

O primeiro tempo demonstrou equilíbrio dos dois times que estabeleciam esforços grandes para poder empatar o placar. Baseado em contra-ataques rápidos os europeus mantiveram a partida até os 26 minutos do primeiro aonde a Croácia conseguiu fechar a primeira etapa com leve vantagem, 13×14.

Foto divulgação: Site Mundial

O croata Ivan Cupic teve que ser atendido em quadra devido a lesão.

O segundo tempo demonstrou ânimos aflorados. Os croatas forçavam a defesa e aceleravam o contra-ataque, com dez minutos já abriam sete gols de diferença e neste ponto as coisas se complicaram. O extremo direito Ivan Cupic, após uma finalização, foi interceptado pelo eslavo  Marko Vezjak que pela falta  teve uma exclusão direta. Depois a Eslovênia tentava diminuir a vantagem croata, mas já era tarde. Final de partida Eslovênia 26×31 Croácia.

Não perca a final do mundial amanhã 14:15 da tarde em Barcelona Espanha x Dinamarca aqui e pelas redes sociais pela hashtag #HandEspanha2013.

 

Já está definido os finalistas do Mundial Masculino de Handebol #HandEspanha2013

Seleção espanhola classifica em um jogo bem complicado./ Foto: divulgação

Seleção espanhola classifica em um jogo bem complicado./ Foto: divulgação

Espanha 26 x 22 Eslovênia
A defesa foi a principal reponsável por colocar a Espanha na final do Mundial Masculino de Handebol. Não foi um jogo confortável para os donos da casa. Os espanhõis encerram o jogo com oito gols de diferença no placar, mas a seleção da Eslovênia não quis entregar fácil o jogo. Até metade do segundo tempo o placar não teve muita diferença. Mas não deu outra: Espanha classificadíssima para a final.

Dinamarca 30 x 24 Croácia
Um jogo quente e que o placar quase se inalterava e seleções dispostas a ganhar, assim que se resume a partida entre a Dinamarca e a Croácia. Mas os dinamarquesse dominaram o tempo todo e já no início do jogo abriu uma diferença de 5 gols. Os croatas por sua vez tentaram o máximo diminuir essa diferença, tanto quer no segundo tempo foi de apenas 2 gols. O ataque da seleção da Croácia estava impecável, contudo não podemos dizer o mesmo da sua defesa que em muitos momentos ficou aberta, sem falar do goleiro que não fez uma boa atuação. Já na parte da seleção da Dinamarquesa ataque e defesa jogavam encaixadas. A maior diferença de gols veio no fim da partida. Dinamarca na final!

Amanhã acontece o jogo que decide a terceira colocação da competição. Às 16h se enfrentam Eslovênia x Croácia.

A final do Mundial Masculino de Handebol -Espanha 2013 será no domingo, 27 de janeiro, às 14h15min, no jogo entre Espanha x Dinamarca.

*Todos os jogos no horário de verão (de Brasília)

Definidos os jogos da semi-final do mundial

Mesmo com os jogos de ontem, somente hoje foram definidos os horários dos jogos de amanhã pelas semi-finais do 23º Mundial Masculino de Handebol. Como já era previsto somente europeus disputam as semi-finais.

Foto divulgação: site mundial

Os donos da casa são um dos quatro semi-finalistas deste mundial.

Do jogo pelas quartas  Dinamarca 28×26 Hungria, o classificado não teve moleza para conquistar mais uma etapa já que os hungaros forçavam a defesa e primavam por bolas fortes no ataque, mas a força de ataque dinamarquesa levou a melhor com os extremos Eggert e Lindberg. Já a Eslovênia, considerada surpresa por ter vencido a Rússia por 28×27, era esperada pelo blog, que mesmo sabendo do jogo equilibrado estabelecido pelos russos, sabia a força eslovena que com Skube pode conquistar a vaga.

A vantagem em casa ficou evidente no jogo ganho sobre a forte Alemanha por 28×24, mesmo com os alemães impondo ritmo de jogo no início da partida fez com que ao longo do jogo os espanhóis crescessem e demonstrassem nos últimos minutos o por que de estar nas semi-finais marcando 5 gols nos minutos finais. Na outra ponta também uma aposta do blog  a Croácia que mostra querer o título venceu a França em um jogo pesado com alguns minutos o jogador do time balcânico   Vukovic era expulso, mas o bom posicionamento da equipe e finalizações rápidas  levaram ao 30×23.

Assim com algumas mudanças anunciadas hoje segue a competição pelas Semi-Finais. Continue acompanhando as emoções do mundial aqui e pelas redes sociais pela #hashtag #HandEspanha2013

Pequenas notícias da seleção brasileira

O Brasil conquistou o 13º lugar no Mundial Masculino de Handebol – Espanha 2013. Nossos atletas chegaram ontem à noite em São Paulo e fizeram uma avaliação extremamente positiva de sua participação, sem se esquecer já dos planos para este ciclo olímpico. O grupo, que está passando por uma grande renovação, provou que está no caminho certo para conquistar colocações ainda mais expressivas em breve. “Tínhamos um grupo novo, com jogadores que ainda não haviam participado de uma competição deste nível. Estivemos bem com nossa defesa, principalmente nos jogos contra a Tunísia e Montenegro. Para nós, ter terminado em terceiro do grupo na fase classificatória já foi um resultado histórico. Mesmo com a eliminação no jogo contra a Rússia, nossa trajetória já tinha sido extraordinária. A equipe foi muito bem e teve oportunidade de ganhar de uma Seleção de peso. Nosso pensamento principal é olhar para o futuro e fico muito feliz em ver o desempenho desses jovens jogadores já nessa competição. Saímos do Mundial realizados e com a certeza que temos um caminho muito positivo pela frente”, analisou o treinador Jordi Ribera.

Foto: CbHb

Quem também está muito feliz é a jogadora da seleção  Ale Nascimento. Ela é considerada a melhor jogadora de handebol do MUNDO! E ganhou um presente muito especial do Hypo, time para qual ela joga. No Facebook ela deixou a seguinte mensagem ” Hypo Niederösterreich , fez esta camisa , adorei !!! Muito Obrigada Hypo !!!” Ficou lindona!!!!

Camiseta especial para a melhor atleta do mundo!/ Foto: Ale Nascimento - Facebook

O segundo dia da Copa Presidente

Imagem
Nesta terça-feira aconteceu a segunda jornada da Copa Presidente, que acontece em Guadalajara, onde as seleções desclassificadas ainda na primeira fase compete em busca do título.
Chile 32 X 23 Austrália
O início do jogo foi marcado por erros de ataque de ambas as equipes.  Chile conseguiu sair na frente, conquistando uma vantagem de até cinco gols a frente da Austrália. Já no segundo tempo, a vantagem do time sul americano aumentou mais ainda, chegando a marca 17 X 10. Mesmo assim, a melhor partida do time australiano no mundial acabou sendo contra o Chile, conseguindo assim, passar do seu limite de gols marcado em jogo que normalmente acabava sendo 10. Vindo a marcar 23 contra o Chile.
Montenegro 27 X 30 Coréia do Norte
A Coréia do Norte com o seu jogo rápido e com as jogadas do pivô Junggeu Parque. Montenegro começou bem o jogo vindo até mesmo a abrir uma diferença de dois gols contra o time coreano, no entanto, acabou perdendo o ritmo durante a partida e deixando o adversário empatar. Já no segundo tempo, os coreanos dominaram toda a partida conquistando a vitória. Em entrevista coletiva no final da partida, o técnico de Montenegro falou sobre o placar apertado e admitiu que faltou incentivo por meio dos jogadores para a vitória da partida!
Qatar 30  X 33 Arábia Saudita
Qatar iniciou o jogo bem conquistando uma vantagem de 4 gols. Já no segundo tempo, a Arábia Saudita com o jogo rápido que dominou toda a segunda etapa, foi capaz de diminuir a diferença e empatar. Na prorrogação, nas cobranças de pênaltis venceu com duas defesas do goleiros, Sua Alsaeed e Mohamed Alsalem.
Argentina 23 X  29 Argélia
A Argetina conseguiu abrir uma vantagem de 5 gols para o time africano, no entanto, no segundo tempo os ataques da Argélia foram mais bem sucedidos. O goleiro da Argélia conseguiu defender a maioria dos ataques argentinos. A vitória da Argélia deve-se as defesas do goleiro e também na instabilidade que acabou ocasionando na equipe adversária, já que assim, a seleção da Argentina não conseguia marcar! Imagem