Um minuto de silêncio para nunca esquecer!

Campanha 1 minuto de silêncio/ Divulgação

Campanha 1 minuto de silêncio/ Divulgação

Poderíamos passar batidos por essa data, mas isso não seria correto, afinal foram 21 anos de Ditadura Militar, um ciclo emblemático na história do nosso Brasil. Muita coisa aconteceu neste período de duras regras. Não há liberdade em um país sem democracia, onde as pessoas não podem falar o que pensam e lutar pelos seus direitos. Por isso, nestes dias 31 de março e 1 de abril pedimos que você: atleta, equipe e até mesmo Federações antes de cada partida façam 1 Minuto de Silêncio, em memória aos 214 mortos, 148 desaparecidos e também em nome das milhares de pessoas perseguidas e torturadas nos porões ditatoriais no período*.

Essa ação visa apenas que essa fase não seja esquecida, para que não aconteça novamente. Que a sociedade brasileira nunca mais perca o direito a ser livre, de ser social, de pensar, de agir, de criticar. São 50 anos de tomada do poder, anos que não queremos que volte.

E se você não for jogar, faça o minuto de silêncio antes de começar o treino, ou simplesmente, compartilhe essa imagem. Assim irá contribuir para que este triste momento seja rememorado.

Para saber mais sobre a era de chumbo que o Brasil viveu o jornal Zero Hora lançou um infográfico que explica bem como ocorreu a tomada do poder. Clique!

O pessoal do Editorial J, da Famecos-Pucrs, montou um perfil no Twitter que mostra o passo a passo de como aconteceu o golpe e o que antecedeu o acontecimento. Siga e veja: Cronologia do Golpe

O Uol Educação lançou um jogo que fala sobre os 50 anos de Ditadura Militar. Clique!

*Dados da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República
Anúncios

Jogo feminino fecha 2º rodada do Super Paulistão

A equipe treinada por Rita Orsi enfrenta o 15 de Piracicaba. Foto: Divulgação/ Pref. Jundiaí

A equipe treinada por Rita Orsi enfrenta o 15 de Piracicaba. Foto: Divulgação/ Pref. Jundiaí

Depois de um final de semana recheado de jogos pela 2ª rodada do Super Paulistão a partida entre 15 Pira/Unimep/CLQ/SELAM e Jundiaí/Passarela/HPS, treinada por Rita Orsi, pelo feminino fecha a série de confrontos. A partida que ocorre às 18h30 será realizada na Ginásio Prezotto José Carlos Hebling, em Piracicaba.

Para a terceira rodada os confrontos começam já no sábado 5 de abril no masculino com o confronto entre 15 Pira/Unimep/CLQ/SELAM e SME/Ribeirão Preto/Mauá, no feminino já na sexta-feira Americana e Jundiaí/Passarela/HPS e no sábado 15 Pira/Unimep/CLQ/SELAM e Instituto Buzzo Sport/São José.

 

Santo André vence no Super Paulistão

O Santo André conquistou  a primeira no Super Paulistão. Foto: Divulgação / Federação Paulista

O Santo André conquistou a primeira no Super Paulistão. Foto: Divulgação / Federação Paulista

No primeiro duelo das atuais campeãs começou com vitória sobre Liga Itapeviense na noite de sábado em uma partida acirrada com placar final de 23 a 22. As donas da casa abriram o placar logo no inicio e mesmo ao final do primeiro tempo a equipe continuava em vantagem. Mas o Santo André tinha Flávia no gol que com sua defesa definitiva conquistou a vitória e o destaque da partida com a colega Audi na artilharia com sete gols.

Hoje as equipes se enfrentam pelo masculino Hebraica- SP x 15 Pira/Unimep/CLQ/SELAM e São José x PM Hortolândia no Vale do Sol.  Para fechar a segunda rodada na segunda as meninas voltam a quadra com a partida entre 15 Pira/Unimep/CLQ/SELAM x Jundiaí/Passarela/HPS.

Handebol do Brasil desfila uniformes 2014

Os novos uniformes da seleção foram apresentados ao som da banda Jammil. Foto: Cinara Piccolo/Photo&Grafia

Os novos uniformes da seleção foram apresentados ao som da banda Jammil. Foto: Cinara Piccolo/Photo&Grafia/CBHb

Ao som da banda Jammil as seleções de handebol do Brasil desfilaram os uniformes da patrocinadora oficial da seleção a Asics, na última sexta-feira. O tema musical foi “Celebrar” música tema da conquista do mundial da Sérvia que também embalou o desfile. O tema que foi uma escolha da psicóloga da equipe, Alessandra Dutra para trabalhar durante toda a fase de preparação do mundial por isso a presença da banda que garantiram a presença como forma de homenagear a equipe.

O uniforme novo , apresentado com um  desfile em Aracaju, tem tecidos inteligentes e tecnológicos para auxiliar na performance dos atletas em quadra. O Hidrology , como é chamada a tecnologia utilizada pela Asics, tem rápida absorção de suor para manter o corpo seco. Para tal os recortes em mesh, costuras reforçadas e modelagem slim trazem também melhor ajuste ao corpo.

O desfile contou com a seleção feminina e três representantes da seleção masculina: o goleiro Marcão, o armador Japa e o ponta Lucas Cândido.  A coleção inspirada no país e suas riquezas naturais conta com as cores amarela, verde e em dois tons de azul. Os detalhes ficam na lateral e nas mangas. Confira os modelos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

Hoje é dia de Super Paulistão

Na segunda rodada do Super Paulistão 2014 tem estréia das atuais campeãs. Foto: Divulgação/ Federação Paulista de handebol

Na segunda rodada do Super Paulistão 2014 tem estréia das atuais campeãs. Foto: Divulgação/ Federação Paulista de handebol

A maior competição paulista traz mais seis equipes a quadra neste final de semana. Pelo feminino uma partida acontece neste sábado, já no masculino duas serão realizadas no domingo. A competição completa com mais uma partida na segunda-feira no feminino, a rodada do meio da semana terá as partidas transferidas.

Hoje o Ass. Desportiva Santo André e Liga Itapeviense de Handebol se enfrentam no ginásio Camilopolis às 20h. Amanhã a Hebraica- SP pega o 15 Pira/Unimep/CLQ/SELAM às 16h no ginásio da Hebraica e em mesmo horário São José joga contra o PM Hortolândia no Vale do Sol. Na segunda as meninas do 15 Pira/Unimep/CLQ/SELAM  jogam contra o Jundiaí/Passarela/HPS no ginásio Prezotto às 18h30 fechando a rodada.

Novas regras darão ao goalball mais velocidade, diz entrevistado

Ontem, 28 de março, publicamos uma nota sobre as 16 novas regras para o goalball, esporte paraolímpico semelhante ao handebol e praticado por deficientes visuais. (Confira aqui). Hoje pela manhã conversamos com o atleta Marcos Vinicios de Oliveira, da Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais (CBDV), sobre estas alterações.

Marcos Vinicius de Oliveira/ Foto: arquivo pessoal

Marcos Vinicius de Oliveira/ Foto: arquivo pessoal

Oliveira explicou tais mudanças pretendem aumentar a dinâmica das partidas “essas novas regras vão dar mais velocidade ao jogo, vai exigir mais preparo físico dos atletas”. Outro detalhe levantado por Marcos é a questão da adequação dos jogadores brasileiros “tenho certeza que o goalball Brasileiro vai se adaptar facilmente a elas”.

As 16 regras, válidas no período de 2014-2017, passaram a ser exigidas a partir de abril, e foram desenvolvidas pela Federação Internacional de Esportes para Cegos (IBSA).

No grupo Goalball Brasil, no Facebook, os atletas profissionais e amadores debateram sobre o assunto. Muitos concordam que as mudanças irão beneficiar a modalidade, porém alguns usuários sentem medo que haja uma descaracterização do esporte. Enfim, agradando ou não, as normas estão ai e resta aos brasileiros e seus clubes se adaptarem a ela.

Print da página

Print da página

Nota

Mudanças nas regras do goalball começam valer na próxima semana

Campeonato brasileiro de goalaball 2011/ Foto: CBDV

Campeonato brasileiro de goalaball 2011/ Foto: CBDV

A modalidade paraolímpica goalball teve mudanças de 16 regras no seu estatuto. Dentre as alterações estão: a extinção do terceiro arremesso consecutivo, a possibilidade do atleta sair de quadra sem a venda que lhe tampava os olhos assim que for substituído e receber o aval do árbitro, e também o artigo de número 13, que se refere a chamada ‘bola fora’. A partir de agora a bola arremessada será considerada fora quando a sua maior parte (circunferência) passar pela linha lateral e não “toda a bola”, como antes. As alterações começam valer na próxima semana, no Regional Sudeste I de Goalball, que será em Vila Velha, no Espírito Santo, de 02 a 06 de abril.

Estas novas regras são válidas também para competições internacionais. Todas as alterações podem ser consultadas através deste link

Final de semana com jogos do Super Paulistão

Equipe do Santo André em 2013/ Foto: divulgação

Equipe do Santo André em 2013/ Foto: divulgação

Este final de semana vai ser agitado nas quadras paulistanas, isto porque o Super Paulistão segue com quatro jogos. No meio desta semana era para ter acontecido duas partidas, mas elas serão remarcadas.

No masculino os jogos serão no domingo, 30 de março. Às 16h A Hebraica recebe o 15 Piracicaba. No mesmo horário São José e Hortolândia se encaram no Vale do Sol.

Pelo feminino as duas partidas acontecerão em dias diferentes. No sábado, 29, as atuais campeãs da competição, o Santo André, duelam com a Liga Itapeviense de Handebol, no Camilópolis. Na segunda-feira, dia 31, as garotas do 15 de Piracicaba jogam com as meninas do Jundiaí, no ginásio do Prezotto.

Em relação das partidas que teriam acontecido esta semana elas foram canceladas e serão remarcadas pela Federação Paulista, em breve postaremos aqui.