Brasil é tricampeão do Sul-Americano de Cochabamba

Brasil conquista o tricampeonato. / Foto: print

Na noite dessa quinta-feira, 31 de maio, a Seleção Brasileira conquistou o tricampeonato dos Jogos Sul-Americano #Cochabamba2018. Na final o Brasil encarou a Argentina, em uma partida que a seleção canarinho dominou do começo ao fim, 26 a 12.

No primeiro tempo o Brasil dominou, mesmo quando cometeu algumas falhas de desentrosamento. A Seleção Brasileira, de camiseta amarela, tinha alguns espaços na defesa, porém, as atletas tinham muita facilidade para tomar a bola e, desta forma, contra-atacavam rapidamente. Apoiados pelas defesas de Babi, o Brasil conseguia acertar os lançamentos. O ataque era veloz, a troca de passes era fácil e raramente a equipe perdia a bola.

Já a Argentina, de camiseta azul e branca, tinha um bom ataque, trocavam passes e iam para cima, tentando encontrar espaços na defesa brasileira, no entanto, não conseguiam finalizar os arremessos a gol. A maior dificuldade estava na defesa, lenta e muito aberta. Com os avanços do Brasil, cometia faltas, sendo que algumas acabaram por prejudicar a seleção, principalmente por dar ao Brasil tiros de 7 metros. Placar Parcial: BRA 12 x 5 ARG.

A etapa final começou com a Seleção Brasileira no ataque e em menos de 1′ dois gols, um marcado por Jaqueline e um de Deoníse, no contra-ataque. O confronto seguia com o mesmo clima de primeiro tempo, com o Brasil dominando, apesar do confronto bastante disputado.

Aos 12′, o Brasil já havia conseguido abrir 10 gols de vantagem (17-7) a maior diferença no marcador. A partir dos 15′, a Argentina demonstrou reação e conseguiu invadir a defesa brasileira algumas vezes. O Brasil, novamente não conseguia se organizar no ataque e cometeu erros, não conseguia acertar os arremessos nos 9 metros. Mesmo assim, conseguia achar espaços, se mantinha a frente e com direito a gol de Babi, goleira brasileira, que aproveitou que a Argentina estava com goleiro-linha. Conforme os minutos iam passando, a Seleção se mantinha a frente. Brasil tricampeão do handebol feminino dos Jogos Sul-Americano de Cochabamba. Placar Final: BRA 26 x 12 ARG.

O Chile conquistou o bronze ao vencer o Paraguai pelo placar de 31 a 25.

Anúncios

Thiagus Petrus vai defender o Barcelona na próxima temporada

Thiagus Petrus em jogo pela Seleção. / Foto: divulgação

Thiagus Petrus, armador e capitão da Seleção Brasileira, vai defender o Barcelona na próxima temporada (2018/2019), conforme foi divulgado pelo blog Olímpico, do Globo Esporte.

A contratação de Petrus provavelmente será anunciada pela equipe catalã em junho. Conforme informações, a contrato do armador será de três temporadas, até 2021. O jogador defenderá a equipe principal e será o único nascido fora da Europa.

Thiagus defendia o Szeged, da Hungria, e conquistou recentemente com o time a Liga Nacional. No momento ele está com a Seleção Brasileira em Cochabamba (BOL) para disputar os Jogos Sul-Americanos, a partir de sábado, 2 de junho.

Brasil encarará o Peru na estreia do handebol masculino em Cochabamba

Seleção Brasileira embarcou para a Bolívia na quarta-feira/ Foto: CBHb

A Seleção Brasileira encarará o Peru na estreia do handebol masculino nos Jogos Sul-Americanos Cochabamba 2018, no próximo sábado, 2 de junho.

Brasil e a seleção peruana entrarão em quadra, às 17h*, e abrirão a competição do esporte. Mas nessa primeira partida a altitude de Cochabamba (BOL), cerca de 2.500 metros acima do nível do mar, também será um adversário. Contudo essa não chega ser uma preocupação. Washington Nunes, treinador da Seleção Brasileira, explica:

“Vamos adotar algumas medidas para tentar minimizar o problema, como controlar bem a alimentação e a ingestão de água. O rodízio de atletas também será fundamental”, diz o técnico Washington Nunes.

O técnico acredita que o adversário mais forte da Seleção nessa primeira fase será o Chile, uma das três equipes nacionais favoritas ao título do continental (Brasil, Argentina e Chile). Nunes faz uma pré-análise:

“Serão três equipes brigando por duas vagas na final. As outras têm possibilidades menores de vencer”.

Washington conta que a primeira meta da Seleção Brasileira é chegar a final e garantir uma das vagas para o Pan-Americano de 2019, em Lima (PER).

“Depois iremos em busca do título”, alerta.

O Brasil está no Grupo A, ao lado de Chile, Peru e Bolívia. A Chave B é composta Argentina, Uruguai e Venezuela.

No sábado, além de Brasil e Peru, Chile e Bolívia duelarão, às 19h. Venezuela fará o confronto com a Argentina, a partir das 21h.

Jogos da Seleção Brasileira

Ao todo a Seleção Brasileira fará três embates na primeira fase:

Sábado, 2 de junho

17h: Brasil x Peru

Domingo, 3 de junho

19h: Brasil x Bolívia

Segunda-feira, 4 de junho

17h: Brasil x Chile

Na terça-feira, dia 5, acontecerão as semifinais. A disputa pelo ouro será na quarta-feira, dia 6.

Brasil e Argentina na final do Sul-Americano Cochabamba 2018!

Torcida brasileira sempre presente nas partidas./ Foto: Odersur

O maior clássico das Américas na final do handebol feminino nos Jogos Sul-Americanos Cochabamba 2018: Brasil versus Argentina! A disputa pelo ouro será nessa quinta-feira, 31 de maio. Por serem finalistas as seleções Brasileira e Argentina estão classificadas para o Pan-Americano de Desportos 2019, que será em Lima, no Peru.

A Seleção Brasileira encarou na semifinal o Chile e venceu com a larga vantagem de 30 a 16. A Argentina enfrentou o Paraguai, teve dificuldades para conseguir superar as paraguaias, mas conseguiu vencer, por 23 a 21.

Brasil e Argentina disputam o ouro na noite dessa quinta-feira, às 21h*. Um pouco antes, às 19h, será o confronto pelo bronze entre Chile e Paraguai. Os jogos são sediados no Coliseu de Corubamba (BOL).

*Horário Oficial de Brasília

Seleção Brasileira bate o Uruguai e avança em Cochabamba

Brasil vence mais uma e avança para as semifinais./ Foto: Odesur

A Seleção Brasileira bateu o Uruguai, por 25 a 15, na noite dessa terça-feira, 29 de maio, e avança nos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba. Nessa quarta-feira, dia 30, acontecerá as semifinais.

Na partida entre Brasil e Uruguai, a artilharia foi da paraguaia Josefina Eliana Dondan Barrios que balançou as redes seis vezes. Já na parte brasileira a atleta que mais marco foi Mariana Costa, com 5 gols.

Nos demais jogos dessa terça, entre Chile e Argentina, placar de 20 a 29 para as argentinas. A Bolívia venceu o Peru, por 19 a 23.

Com o final dessa rodada, Argentina enfrentará o Paraguai, a partir das 21h. O Brasil encarará o Chile, o horário ainda não foi confirmado.

Copa Handebol Taubaté é transferida para setembro em virtude da greve dos caminhoneiros

A Copa Handebol Taubaté que seria dessa quarta-feira, 30 de maio, até sábado, dia 2 de junho, foi transferida para setembro, em virtude da greve dos caminhoneiros e a falta de combustível.

A informação foi confirmada em nota da Liga Taubetana de Handebol, a LTH, assinada por Sofia Rabelo Marioto, coordenadora geral da competição. De acordo com Sofia, a LTH entrou em contato com as equipes participantes e verificou-se que não há combustíveis para o transporte dos atletas e equipes técnicas.

A Copa Handebol Taubaté, no qual a cidade Vale do Paraíba é sede, foi transferida para 7 a 9 de setembro, sendo que essa data ainda será confirmada.

Confira a nota oficial aqui.

Semana com apenas um jogo no Super Paulistão

Pinheiros Cadete conquistou a Taça Paulistana./ Foto: FPHb

No restante dessa semana não terá jogos no Adulto do Super Paulistão e na base apenas o Juvenil Feminino terá confronto. Nas partidas realizadas nessa segunda-feira, 28 de maio, houve partida pelo título no Cadete. Confira os resultados dos embates já disputados e a próxima partida.

Nessa quarta-feira, dia 30, no Juvenil Feminino a disputa será pelo quinto lugar da primeira fase entre ATC e Centro Olímpico, às 15h30, no Alphaville.

Na mesma categoria, no sábado, 27, Mesc venceu o Centro Olímpico, por 29 a 26, esse jogo foi válido pela Taça Estado de São Paulo.

No Cadete Feminino, nessa segunda, Pinheiros venceu o Mesc pelo placar de 28 a 18, e conquistou o título da Taça Paulistana. O destaque do confronto foi Luara Bastos, do time campeão.

Brasil e Uruguai se enfrentam nos Jogos Sul-Americanos

Seleção Brasileira na comemoração da primeira vitória./ Foto: Divulgação

Brasil e Uruguai se enfrentam nos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba 2018 nessa terça-feira, 29 de maio. A partida será, às 21*. Essa é o segundo jogo do Brasil. Nas partidas disputadas de segunda-feira, 28, a Argentina voltou a golear e está classificada para a próxima fase.

Nos confrontos dessa terça, Argentina estava vencendo o Chile, por 10 a 13. O resultado do segundo tempo não havia sido divulgado até o fechamento dessa matéria.

Daqui a pouco, às 19h, Bolívia e Peru entrarão em quadra.

Nos jogos de ontem, Chile bateu Peru, por 38 a 9. A Argentina superou a Bolívia, por 49 a 4. Paraguai venceu o Uruguai, por 22 a 27.

*Horário Oficial de Brasília