Taça Vila Olímpica de Handebol começou com partidas intensas

Manacapuru e Colégio Militar/Foto:  Emanuel Mendes Siqueira

Manacapuru e Colégio Militar/Foto: Emanuel Mendes Siqueira

Começou hoje, 30 de junho, a Taça Vila Olímpica de Handebol Escolar 2015*. Os duelos aconteceram na quadra 2 da Vila Olímpica de Manaus. Nove jogos movimentaram esse primeiro dia da competição e mostraram que os pequenos atletas estão se divertindo e querem ajudar a a fazer a história do handebol.

No primeiro duelo, a Escola Municipal Nova Vida venceu o Centro Educacional Adalberto Valle por 16 a 4. Pela mesma categoria, o Ceti João Braga superou a Liga do Mauazinho por 11 a 5.

Único município do interior que entrou em ação na rodada de abertura, Manacapuru venceu o Colégio Militar de Manaus, por 22 a 11, na última partida da terça-feira.

Amanhã, 1º de julho, a Taça Vila Olímpica de Handebol Escolar 2015 prossegue com mais 17 jogos. O primeiro será às 8h, entre Sesc de Roraima e Liga do Mauazinho, pelo torneio Infantil Feminino. A última partida acontece às 20h20, com Barcelos e Adalberto Valle, pela Chave C do torneio Juvenil Masculino.

Confira os resultados das partidas que ocorreram nesta terça-feira:

Infantil Feminino – Chave Única

Adalberto Valle 4 x 16 Nova Vida

Ceti João Braga 11 x 5 Liga do Mauazinho

Adalberto Valle 3 x 6 Ceti João Braga

Liga do Mauazinho 7 x 13 Nova Vida

Infantil Masculino – Chave Única

Ceti João Braga 16 x 8 Adalberto Valle

Juvenil Feminino – Chave A

Adalberto Valle 8 x 17 Solon de Lucena

Juvenil Feminino – Chave B

Ceti João Braga 8 x 9 Colégio Militar de Manaus

Juvenil Masculino – Chave B

E.E. Getúlio Vargas 17 x 17 Solon de Lucena

Juvenil Masculino – Chave D

Manacapuru 22 x 11 Colégio Militar de Manaus

*Com informações Emanuel Sports & Marketing e LIHAM
Anúncios

Seleção Brasileira Universitária convocada e rumo a Coréia do Sul

Cubano com as atletas em treinos preparatórios./Foto: arquivo Tchê Esportes

Cubano com as atletas em treinos preparatórios./Foto: arquivo Tchê Esportes

A Seleção Brasileira Feminina de Handebol Universitário foi convocada na última sexta-feira, 26 de junho, e hoje, 30, embarcou rumo Gwangju, na Coréia do Sul, para a disputa da Universíade de Verão. A Seleção Masculina também irá disputar a competição.

O técnico Daniel Cubano estava com as atletas pré-convocadas há quase um mês em treinamento, e das 20 atletas chamados apenas 16 compõe a lista que irá competir o Universíade. A competição começará no dia 3 de julho e será a primeira vez que o handebol fará parte do torneio considerado o maior de nível universitário.

Confira a escalação da Seleção Brasileira Universitária Feminina

Goleiras: Naiara Morgana Mendes de Almeida, Flávia Vidal da Silva;

Pontas direitas: Isabelle dos Santos Medeiros, Danielle Biazoto Giacomazi;

Pontas esquerdas: Dayane Rodrigues, Larissa Munhoz Araujo;

Armadores: Bruna Gonçalves Rodrigues, Dayana Tenório, Gabriela Pessoa Constantino, Tainara Luna Gonçalves, Patricia Matiele Machado, Giulia Guarieiro;

Central: Isabella Maria Ansolin, Atalia Terence;

Pivôs: Carolina Ferreira Fajardo, Tamires Ancelmo Costa.

Veja mais detalhes sobre o Universíade de Verão clicando aqui, nós preparamos na semana passada uma matéria especial com detalhes do campeonato universitário. Abaixo confira a tabela de jogos das Seleções Brasileiras.

Tabela Jogos do Brasil - Universíades

 

Atualizado às 23h59

EHF Euro Beach Handball abre a temporada de verão na Europa

Itália x Sérvia/Foto: EHF Euro

Itália x Sérvia/Foto: EHF Euro

Aberta a temporada de calor na Europa. O verão no continente começará daqui alguns dias, mas as praias já estão com um público bastante grande, isso porque as areias europeias recebem desde a última sexta-feira, 26 de junho, o EHF Beach Handball Llorete 2015.

As seleções estão divididas em dois grupos, em cada naipe. No feminino, no grupo A estão: Itália, Hungria, Rússia, Sérvia, Suíça, Polônia e Alemanha. Na chave B: Noruega, Holanda, Ucrânia, Espanha, Croácia, Suécia e Montenegro.

Croácia x Alemanha/ Foto: EHF Euro

Croácia x Alemanha/ Foto: EHF Euro

No masculino as seleções estão divididas também em duas chaves. No A estão: Croácia, Espanha, Ucrânia, Suécia, Alemanha e Polônia. Na chave B: Hungria, Rússia, Sérvia, Suíça, Itália e Noruega.

Nos jogos de hoje, 30 de junho, pelo feminino os resultados foram:

Polônia 0 x 2 Itália (9×11 – 4×13);
Itália 2 x 0 Sérvia (14x 9 – 9×8);
Itália 2 x 1 Rússia (14×16 – 11×8 – 5×4);
Rússia 2 x 1 Hungria (16×21 – 21×16 – 5×2);
Hungria 2 x 0 Alemanha (15×9 – 22×8);
Suíça 0 x 2 Rússia (6×18 – 8×17);
Alemanha 1 x 2 Sérvia (14×8 – 8×12 – 6×7);
Alemanha 0 x 2 Suíça (13×20 – 10×12);
Hungria 2 x 1 Polônia (12×16 – 13×12 – 9×8);

Espanha 0 x 2 Noruega (11×15 – 14×16);
Noruega 2 x 1 Holanda (22×14 – 16×17 – 14×12);
Noruega 2 x 0 Suécia (16×6 – 26×25);
Holanda 2 x 0 Montenegro (28×0 – 14×2);
Holanda 2 x 0 Croácia (15×14 – 20×19);
Suécia 0 x 2 Ucrânia (9×20 – 6×12);
Ucrânia 2 x 0 Montenegro (20×4 – 18×4);
Ucrânia 0 x 2 Espanha (16×18 – 11×18);
Croácia 0 x 2 Espanha (16×18 – 11×18);

Já as partidas masculinas tiveram os seguintes placares:

Croácia 2 x 0 Alemanha (24×12 – 22×12);
Suécia 0 x 2 Holanda (20×24 – 14×24);
Espanha 2 x 0 Suécia (22×15 – 18×12);
Polônia 0 x 2 Espanha (14×21 – 16×22);
Ucrânia 2 x 0 Polônia (19×13 – 17×16);
Alemanha 0 x 2 Ucrânia (18×21 – 14×20);
Suécia 0 x 2 Croácia (20×24 – 14×24);

Hungria 2 x 0 Noruega (21×17 – 26×10);
Itália 0 x 2 Hungria (8×15 – 8×20);
Rússia 2 x 0 Itália (23×6 – 28×5);
Suíça 0 x 2 Rússia (14×18 – 18×23);
Sérvia 2 x 0 Suíça (20×14 – 18×14);
Noruega 0 x 2 Sérvia (15×17 – 9×17);

Os jogos seguiram até o dia 5 de julho. No final de semana aconteceram os duelos do Juvenil, nos dois naipes. No feminino a seleção campeã foi a húngara, que venceu a espanhola, por 2 sets a 1.

Hungria, Espanha e Alemanha juvenis/Foto: EHF Euro

Hungria, Espanha e Alemanha juvenis/Foto: EHF Euro

No masculino foram campeões os atletas da seleção russa, que venceu a croata, pelo placar de 2 sets a zero.

Rússia, Croácia e Espanha juvenis/ Foto: EHF Euro

Rússia, Croácia e Espanha juvenis/ Foto: EHF Euro

A EHF Beach Handball 2015 está acontecendo na praia de Lloret del Mar, na Espanha. Haverá transmissão das partidas pela internet. Para assistir basta clicar aqui.

 

Amanhã começa a Taça Vila Olímpica de Handebol

As equipes iniciam a disputa nesta terça-feira. Foto: Divulgação/Emanuel Mendes Siqueira

As equipes iniciam a disputa nesta terça-feira. Foto: Divulgação/Emanuel Mendes Siqueira

Nesta terça-feira inicia a  Taça Vila Olímpica de Handebol*, a Liga de Handebol do Amazonas (Liham) organizou o evento que reúne 27 equipes do Amazonas e Roraima que competirão na quadra 2 da Vila Olímpica de Manaus até a próxima sexta-feira e o torneio tem entrada gratuita.

Na categoria infantil masculino serão seis clubes entre eles Sesc, Colégio Objetivo, Parintins, Ceti de Iranduba, Centro Educacional Adalberto Valle e do Ceti João Braga.  No infantil feminino jogam Adalberto Valle, Sesc-RR, Nova Vida, Liga do Mauazinho e Ceti João Braga, enquanto no juvenil masculino disputam Solon de Lucena, Adalberto Valle, Sesc-RR, Colégio Objetivo-RR, Ceti João Braga, Colégio Militar de Manaus, Barcelos, São Sebastião do Uatumã, Parintins e Manacapuru. Fechando as equipes do Solon de Lucena, Adalberto Valle, Sesc-RR, Nova Vida, Colégio Militar de Manaus e Ceti João Braga pelo  juvenil feminino.

* Com informações do Portal da Amazônia.

Termina amanhã o prazo pra ser voluntários do Mundial Júnior Masculino

Voluntários poderão se inscrever até a próxima terça-feira. Foto: Divulgação/CBHb

Voluntários poderão se inscrever até a próxima terça-feira. Foto: Divulgação/CBHb

O XX Mundial Júnior Masculino de Handebol inicia no próximo mês e até amanhã os interessados em ser voluntários da competição podem se inscrever pelo site do mundial. As partidas vão acontecer em Uberlândia e Uberaba de 19 de julho a 1º de agosto em Minas Gerais.

Para participar da seleção basta ser maior de 18 anos e ter disponibilidade para treinamento. Os selecionados serão divididos em áreas como cerimonial, tecnologia, apoio operacional, comunicação, atendimento ao público, serviços de quadra, saúde, logística e transporte.

O evento que reunirá 24 países diferentes é a oportunidade não só de estar perto das promessas do handebol, mas também  conhecer pessoas do mundo todo que irão acompanhar as competições. O voluntário que for selecionado ganhará certificado, uniforme e kit lanche durante o torneio.

 

Ilhas Faroé vence o IHF Emerging Nations Men’s Championship

Ilhas Faroé levou o primeiro troféu da competição para países emergentes do handebol. Foto: Divulgação/IHF

Ilhas Faroé levou o primeiro troféu da competição para países emergentes do handebol. Foto: Divulgação/IHF

A Federação Internacional de Handebol visando promover o esporte realizou o I IHF Emerging Nations Men’s Championship realizado no Kosovo e neste final de semana na grande final entre Ilhas Faroé e Letônia as Ilhas levaram a melhor conquistando o ouro na competição. Na disputa pelo bronze os donos da casa levaram a melhor sobre o Uruguai, ficando com a terceira colocação.

O próprio presidente da IHF, Hassan Moustafa, entregou as medalhas aos primeiros três colocados. A classificação final ficou: Ilhas Faroé, Letônia, Kosovo, Uruguai, Estônia, Moldávia, Camarões, Malta, Grã-Bretanha, China, Bulgária, Austrália, Irlanda, Albânia, Andorra, Armênia.

Depois das finais ainda foi eleito o time de estrelas da competição:

 Melhor Goleiro: Fonsho Isaac júnior – Camarões
 Melhor ponta esquerda: Rosing Rasmussen – Ilhas Faroé
 Melhor ponta direita: Karl Roosna – Estônia
Central/Armador: KreshnikKrasniqi – Kosovo
 Melhor meia esquerda : RaimondsTrifanovs – Letónia
 Melhor meia direita: Aki Egilsnes – Ilhas Faroé
 Melhor Pivô: Kastriot Jupa – Kosovo
 Melhor Marcador: Svetlin Dimitrov – 64 gols – Bulgária
Melhor Jogador da Competição: Kragesteen Trondur – Ilhas Faroé

Este slideshow necessita de JavaScript.

Dara Diniz não participará do Pan para tratar problema de saúde

Dara Diniz

Dara Diniz/Foto: Cinara Piccolo – Photo&Grafia – CBHb

Infelizmente, hoje, 28 de junho, recebemos uma notícia nada boa. A capitã da Seleção Brasileira, e jogadora do NLA (FRA), Fabiana Diniz, a Dara, deixará a equipe e não participará do Pan-Americano de Toronto (CAN), pois irá tratar uma Trombose Venosa Profunda (TVP). Em seu lugar o treinador Morten Soubak chamou a pivô Elaine Gomes, que também integrou a Seleção Campeã Mundial, em 2013. A capitã passará por um tratamento, acompanhado dos médicos da Seleção, e ainda não há previsão para o seu retorno as quadras.

De acordo com a médica da Seleção Feminina, Dra. Pauline Bittencourt, a jogadora sentiu uma forte dor na perna e após alguns exames foi diagnosticada com TPV. Agora Dara passará por um tratamento, já que a doença é perigosa e ter a descoberto no início facilita a recuperação. “É um caso importante e, por isso, exige repouso absoluto. Ela está sendo assistida pela equipe médica da Seleção, já foi medicada e irá fazer outros exames para podermos determinar o tempo exato de recuperação”, salientou Pauline.

Dara, que já começou o tratamento, disse: “Para mim, foi um balde de água fria não ir para o Pan. Quem me conhece sabe o quanto representar o Brasil me move, me alimenta e, nas portas da competição ficar de fora por um tema tão grave, me deixa impotente e muito triste. Porém, ao saber dos riscos que estava correndo, ao ter descoberto isso com tempo, não tenho como pensar em outra coisa que não seja agradecer a Deus por tudo. Mais uma vez, me considero abençoada, pois poderia sofrer consequências gravíssimas”.

Ela completou falando que esta confiante no tratamento e sabe que serão os próximos exames que dirão os próximos passos dados na continuidade do tratamento médico. A princípio ficará em repouso por três meses.

Morten Soubak, técnico da Seleção, ressaltou que apesar de sentir a ausência de Dara na equipe, sabe da importância do bem-estar dela. “Sinto muito e espero que ela se recupere logo para poder voltar à quadra, mas agora ela precisa se cuidar e voltar bem para os próximos compromissos que temos”, disse.

A seleção Brasileira se reunirá em São caetano (SP) no dia 9 de julho, passará por treinos e no dia 12 as atletas viajam para o Canadá.

Entenda o que é a Trombose Venosa Profunda

A Trombose venosa profunda (TVP), segundo artigo do médico Marcelo Bellini Dalio, é uma formação de coágulos de sangue dentro das veias mais profundas das pernas. Isso ocorre porque normalmente o sangue coagula para estancar sangramentos. Quando o coágulo se forma dentro da veia, ocorre um bloqueio da circulação e o sangue não consegue retornar ao coração. Isto causa inchaço e dor na perna.

Se não tratada pode ocorrer um grave problema. O coágulo que está na veia migra para o pulmão e bloqueia a circulação pulmonar (chamada pelos médicos de embolia pulmonar), causando falta de ar grave e que pode levar a morte.

Também em artigo, o dr. Drauzio Varella explicou que a principal causa do problema é a imobilidade prolongada, comum em pessoas que passam por longas viagens ou é obrigada a ficar sentada por horas na mesma posição. Também nos casos de permanência no leito em repouso por doenças ou em virtude de cirurgias. Contudo, leões nos vasos e desequilíbrio nos fatores de coagulação do sangue também são responsáveis pela formação de trombos.

*Com informações da CBHB
*Fontes consultadas: site de Dr. Marcelo Bellini Dalio e Drauzio Varella

Handbeach busca espaço nos Jogos Olímpicos

O confronto de exibição acontece no próximo mês. Foto: Divulgação/CBHb

O confronto de exibição acontece no próximo mês. Foto: Divulgação/IHF

A primeira etapa de incluir o Handebol de Praia ou Handbeach no programa Olímpico foi feita. A partir da edição de 2018 dos Jogos Olímpicos da Juventude, que será realizada em Buenos Aires a modalidade fará parte do programa oficial, o próximo passo para é a inclusão nos Jogos Olímpicos de Verão, a Federação Internacional de Handebol (IHF) em conjunto com o Comitê Olímpico Internacional.

O Canton of Vaud e a cidade de Lausanne será palco de um jogo de exibição de handebol de areia no dia 16 de julho, nas margens do lago Leman em Lausanne. O objetivo final da IHF é tornar o esporte oficial nos Jogos Olímpicos em 2024.

Duas equipes na categoria masculina e duas na feminina, composta pelos melhores atletas de handbeach do mundo, no momento, irão jogar para apresentar a disciplina do esporte para o comitê olímpico e para os membros da organização Olímpica Internacional. As partidas de demonstração serão disputados na presença do presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, bem como vários representantes das federações desportivas internacionais e dos comitês olímpicos em todo o mundo.

O evento começará às 18:00 e os dois jogos demonstrarão a rápida evolução da modalidade que não para de crescer pelo mundo. O evento será realizado no centro Plateau De Education Physique bem ao lado do estádio Pierre de Coubertin Stadium.

A entrada da modalidade como esporte olímpico é esperada nos jogos de 2024. Foto: Divulgação/IHF

A entrada da modalidade como esporte olímpico é esperada nos jogos de 2024. Foto: Divulgação/IHF