0

Novembro é marcado pela 1ª edição do Campeonato Nacional Feminino do Afeganistão

As atletas melhores colocadas no Campeonato do Afeganistão./ Foto: Federação de Handebol do Afeganistão

O começo desse mês de novembro foi marcado pela primeira edição do Campeonato Nacional de Handebol Feminino do Afeganistão. As partidas foram realizadas nos dias 6 a 8. Quatro equipes disputaram a taça e cerca de 50 atletas passaram pela quadra do Hedayat Club, na capital Cabul. Os jogos foram nas categorias Juvenil e Adulto.

Participaram do campeonato Herat, Balkh, Bamyan e Cabul. O time da capital conquistou o campeonato, o vice ficou com Herat.

A meta dessa edição, que reuniu dezenas de torcedores, é conhecer melhor as atletas e começar a montar as seleções femininas do país asiático.

Anúncios
0

Liga Asobal encerrou nesse sábado a 10ª rodada

Puente Genil garantou um ponto nesse sábado./ Foto: página da equipe

A Liga Asobal encerrou a 10ª rodada no sábado, 17 de novembro, com quatro jogos. Pouca coisa mudou na classificação geral, na parte de cima da tabela, Barcelona, CD Bidasoa Irun, Ademar León e Granollers se mantiveram nas quatro primeira colocações. Na parte de baixo, Teucro e Morrazo Cangas apenas alternaram posições e se mantiveram na zona de rebaixamento.

Teucro derrotou Alcobendas, por 38 a 29. Guadalajara superou Benidorm, por 34 a 25.

Puente Genil e Huesca empataram em 20 a 20. BM Sinfin venceu CD Bidasoa Irun, por 23 a 22.

Nessa terça-feira, dia 20, a Liga Asobal retorna as quadras com as disputas da 11ª rodada. Barcelona e Ademar León se enfrentarão, às 17h30*.

*Horário Brasileiro de Verão.

0

Champions League teve rodada cheia no final de semana. Confira resultados

Os jogos no feminino retornam em janeiro./ Foto: EHF

A Champions League teve uma rodada cheia nesse final de semana, 17 e 18 de novembro, com partidas no masculino e no feminino. Confira os resultados dos confrontos.

Masculino

No masculino as disputas foram válidas pela oitava rodada. Nesse domingo, Presov venceu Bjerringbro/Silkebor, por 29 a 30.

Celje derrotou PPD Zagreb, por 30 a 21. Motor superou o Nantes, por 23 a 27.

Szeged e Skjern empataram em 33 a 33. Elverum venceu o Dinamo Bucuresti, por 29 a 28.

No sábado, Ademar León bateu o Riihimäen Cocks, por 23 a 20. Sporting derrotou o Chekhovskiye Medvedi, por 33 a 31.

Barcelona superou o Vadar, por 34 a 26. Vive Kielce venceu o Meshkov Brest, por 34 a 31.

Veszprém bateu o Kristiansad, placar de 36 a 27. Besiktas venceu o Met. Skopje, por 23 a 22.

Feminino

No feminino os confrontos foram válidos pela sexta rodada e última dessa primeira fase. Com o fim dos jogos, se classificaram para a próxima fase Metz, Buducnost e Odense pela Chave A; Rostov, Copenhage e Brest Bretagne pelo Grupo B; Győr, Ljubljana e Thuringer pela Chave C; CSM Bucuresti, Kristiansand e Ferencvaros pelo Grupo D.

Neste domingo, Copenhagen derrotou o Savehof, por 33 a 22. Metz bateu o Odense, por 41 a 26. CSM Bucuresti venceu o Bietigheim, por 32 a 24.

No sábado, Györ golou o Podravka Vegeta, por 37 a 17. Buducnost venceu o Larvik, por 26 a 25.

Kristiansad superou o Ferencvaros, placar de 35 a 27. Thuringer e Ljubljana empataram em 26 a 26.

Rostov venceu o Brest Bretagne, por 30 a 24.

A competição nesse naipe volta em janeiro, após as disputas da EHF Euro.

0

Seleção Juvenil Argentina participará de campanha contra a violência infanto-juvenil

As atletas da Seleção participarão das campanhas do Ministério Público da Argentina./ Foto: CAH

A seleção argentina juvenil feminina de handebol de areia participará de campanha contra a violência infanto-juvenil. As medalhistas olímpicas, Caterina Benedetti, Lucuila Balsas e Fiorella Corimberto serão a cara da nova campanha, que começará a circular, na internet, a partir do dia 19 de novembro, Dia Internacional Contra o Abuso Infantil e de Adolescentes. As atletas também participarão da campanha de prevenção a violência contra meninas, crianças e adolescentes, que será lançada no dia 25 do mesmo mês, Dia Internacional da Eliminação da Violência Contra as Mulheres.

As jogadoras foram convidadas pelo Ministério Tutelar da Nação (Argentina), o órgão ligado ao Poder Judicial de Buenos Aires. A ação busca conscientizar acerca da violência sofrida por crianças e adolescentes. A ideia de convidar as atletas veio após a polêmica surgida nas Olimpíadas da Juventude, no qual muitos falaram, de forma negativa, do uniforme feminino. De acordo com a Assessora Geral Tutelar, Yael Bendel, o que chamou a atenção foi a maturidade que as jovens atletas rebateram as críticas ao uniforme.

“As meninas ganharam a medalha de ouro e, sem dúvida, algumas menções midiáticas não foram pelas suas atitudes desportivas que as levaram a conquista e sim a roupa que usavam”, explicou Yael.

As atletas argumentaram que uso do biquíni foi uma escolha delas, por se sentirem muito confortáveis com essa vestimenta. “Estamos realizando algo muito mais importante e bonito do que as roupas que vestimos. O direito do nosso corpo é nosso e deve ser respeitado”, relataram as desportistas na época.

Leticia Brunati, treinadora da equipe nacional feminina, que esteve em visita ao Ministério Público, contou que na Vila Olímpica e dos Jogos Olímpicos da Juventude, em geral, o único ponto de vista é o respeito pelo outro.

“Ninguém disse uma para outra sobre o que vestir ou comer. É ótimo, pois podem conhecer a experiência de viver juntos”, relatou.

Para Lucila Balsas participar da campanha é um momento especial:

“Para nós essa é uma grande oportunidade de dar voz a muitas meninas que são vítimas de violência, tanto em casa, como nos outros espaços de convivência, e, até mesmo na rua”.

0

Bauru é campeão da Lhesp Adulto Feminino. Veja a lista dos campeões 2018

Bauru conquistou o título da temporada./ Foto: Lhesp

Bauru conquistou o título da Lhesp no Adulto Feminino ao vencer o Americana, por 20 a 21, no último sábado, 10 de novembro. Com a rodada, a competição encerrou a temporada 2018. Confira a lista dos campeões da Lhesp!

Adulto Feminino

1º: AABB / Bauru
2º: Americana
3º: Handebol Tietê

Adulto Masculino

1º: Itapira HC/SEL
2º: Handebol Tietê / Biatex
3º: São João da Boa Vista

Sub-21 Feminino

1º:AABB/Bauru
2º: Hortolândia
3º: Valinhos

Sub-21 Masculino

1º: Handebol Cerquilho
2º: São João da Boa Vista
3º: Time Jundiaí

Juvenil Feminino

1º: PM Botucatu/ABHB
2º: Hortolândia
3º: Valinhos

Juvenil Masculino

1º: Rio Claro
2º: Salto
3º: Handebol Tiet

Cadete Feminino

1º: Hortolândia
2º: Salto
3º: 15 Piracicaba

Cadete Masculino

1º: Rio Claro
2º: SESI
3º: PDB/SELAM

Infantil Feminino

1º: A.D. Atibaiense
2º: Time Jundiaí
3º: 15 Piracicaba

Infantil Masculino

1º: Mogi Guaçu
2º: Rio Claro
3º: Vinhedo/APAHAND

Mirim Feminino

1º: Handebol Tietê
2º: Time Jundiaí
3º: Valinhos

Mirim Masculino

1º: Vinhedo / APAHAND
2º: Handebol Tietê
3º: Rio Claro

0

Força Atlética é campeã do Goiano Feminino

Força Atlética levanta a taça 2018! / Foto: Divulgação_ForçaAtlética

A Força Atlética conquistou o título do Campeonato Goiano no naipe Feminino. No Masculino a equipe ficou com o vice-campeonato e conquistou o título no Mirim Feminino.

Essa é o nono título estadual conquistado pela Força Atlética. Apesar de estar com desfalques, como Morgana, Yasmin e Abyda que não entraram em quadra, as atleticanas não sentiram a pressão de disputar o principal campeonato de Goiás. Na final feminina, o time venceu AERV Rio Verde, por 34 a 31.

Para o treinador Jorge Castilho a conquista do eneacampeonato se dá pelo trabalho feito ao longo da temporada. “Estamos felizes com o título, o mais importante do Handebol goiano. Importante parabenizar a equipe de Rio Verde que fez a jogo muito intenso dificultando muito nossas ações. Não foi uma competição fácil, e estamos felizes em conquistar o primeiro lugar”, comemorou.

Além do título no Adulto Feminino, a Força Atlética conquistou o título do Mirim Feminino que venceu a Caldas Novas e a prata no Adulto Masculino, nesse naipe o título ficou com Rio Verde.

0

Noruega é a seleção com maior número de títulos da EHF Euro Feminina

A Noruega buscará o oitavo título. Será que consegue? / Foto: reprodução

Sabia que a Noruega é a seleção com maior número de títulos da EHF Euro Feminina? A seleção norueguesa já conquistou o campeonato continental sete vezes, o último em 2016. A seleção é uma das que entrarão em quadra, a partir do dia 29 desse mês de novembro, na disputa do campeonato e pela vaga no Mundial Feminino.

A EHF Euro teve sua primeira edição em 1994, substituindo a Copa das Nações Europeias, após a criação da Federação Europeia de Handebol (EHF), em 1991. Naquele ano a Dinamarca levantou a taça de campeão, repetindo o feito em 1996 e em 2002.

Além da heptacampeã Noruega e da tricampeã Dinamarca, já se saíram campeãs da Euro as seleções de Hungria e Montenegro, com uma taça cada.

Dos países que já receberam a Euro, a Dinamarca foi sede do campeonato por três vezes (1996, 2002 e 2010) e foi escolhida para receber a edição de 2020. Hungria (2004 e 2014), Suécia (2006 e 2016), Noruega (1996, 2002, 2010 e será sede em 2020) e Macedônia (2008 e será sede em 2022) receberam a competição duas vezes, cada.

Alemanha (1994), Holanda (1998), Romênia (2000) e Croácia (2014) já foram sede da Euro por uma vez. A França receberá o campeonato pela primeira vez.

Das seleções participantes, Alemanha, Dinamarca, Hungria, Noruega e Rússia nunca ficaram de fora da Euro, participaram das 12 edições anteriores.

Das artilheiras, Ágnes Farkas, da Hungria, é a primeira colocada, com 205 gols marcados. Em segundo vem Linn-Kristin Riegelhuth Koren, da Noruega, com 190 gols, mesmo número de gols de Cristina Neagu.

EHF Euro 2018

A EHF Euro 2018 será realizada na França, a partir do dia 29 de novembro. A competição, buscará desenvolver o handebol feminino no país, que foi prata nas Olimpíadas Rio 2016.

Confira aqui a tabela de jogos da primeira fase da Euro da França.

0

Final de semana de Champions League Feminina

As partidas prometem ser quentes./ Foto: EHF

O final de semana, 17 e 18 de novembro, será marcado por jogos da sexta rodada da Champions League Feminina. Ao todo, oito partidas serão realizadas.

No sábado, Rostov encarará Brest Bretagne, às 11h.

Kristiansand e Ferencvaros jogarão, às 12h30, no mesmo horário do embate entre Thuringer e Ljubljana.

Buducnost e Larvik farão a partida, às 16h. Logo em seguida, às 16h30, Györ e Larvik entrarão em quadra.

No domingo, Copenhagen duelará com Savehof, às 10h45. Metz receberá o Odense, às 12h.

CSM Bucuresti e Bietighiem fecham a rodada, às 13h15.

*Jogos no Horário Brasileiro de Verão.